Exercícios físicos durante a gravidez

Foto: Reprodução

A atividade física apresenta diversos benefícios para as futuras mamães durante a gravidez e até mesmo no pós-parto. Mas é necessário o acompanhamento de um profissional

Manter a saúde é importante e, ao contrário do que muita gente pensa, no período gestacional também. E quando o assunto é manter uma gravidez saudável, há diversos cuidados a serem adotados.

É importante destacar que adotar uma rotina de exercícios é uma das principais recomendações feitas pelos médicos às futuras mamães, desde que a gravidez não seja de risco e que haja acompanhamento profissional.

Diferente do que muitas pessoas dizem, as atividades indicadas para gestantes vão além da hidroginástica e do pilates. O treinamento funcional, por exemplo, está em alta e conta com muitas adeptas que, inclusive, se dedicam à atividade até poucos dias antes do parto. Para as que já mantêm uma rotina de exercícios antes de engravidar, devem mantê-la, porém de forma adaptada, de olho nos limites do próprio corpo.

O educador físico Fernando Padilha afirma que o exercício físico apresenta diversos benefícios à gestante. – Foto: Divulgação

De acordo com o educador físico e especialista em treinamento funcional Fernando Padilha, a prática de atividade física durante o período gestacional, em especial do funcional, apresenta diversos benefícios tanto para o pré quanto para o pós-parto.

Padilha contou que além de auxiliar no controle do peso corporal, ajudam a gestante a se movimentar melhor e a realizar tarefas simples do cotidiano sem se cansar muito fácil, melhora a circulação sanguínea – ajudando na oxigenação do bebê -, fortalecem regiões como a lombar, essencial nos meses mais avançados da gravidez, com o peso extra do corpo e, principalmente, da barriga, e facilita a recuperação no pós-parto.

Entre os exercícios mais indicados para estão os que trabalham a postura e o alongamento de pernas e coluna. Atividades de alto impacto e em superfícies irregulares devem ser evitadas.

“Nesta fase, é imprescindível o auxílio de um profissional da educação física, pois ele vai ajudar a definir o ritmo dos movimentos, aparelhos e a carga a ser utilizada, de forma a manter o bebê e a mãe saudáveis. A melhor forma de conquistar esses bons resultados é adaptando os treinos a cada mês”, explicou o educador físico.