22.6 C
Vitória
sexta-feira, 18 setembro 2020

Ex-Ronaldinha, musa dos anos 90, que virou missionária

Leia também

MEC promete protocolo e R$ 525 milhões para retorno às aulas presenciais

O ministro afirmou que a decisão sobre data para reabrir escolas não é do MEC, mas de Estados e municípios

Bolsonaro volta a estimular Renda Brasil

O governo também não quis deixar um vácuo aberto para os congressistas, que já têm projetos para reforçar o Bolsa Família

STF define julgamento de garantia a negros

A medida assinada por Lewandowski, em caráter liminar, determina apenas a repartição dos recursos e do tempo da propaganda de forma proporcional entre concorrentes brancos e negros

Atualmente missionária, ex-namorada do craque Ronaldo Fenômeno, Vivi Brunieri contou já ter evitado até suicídio ao dar o seu testemunho e levar fé para as pessoas

Conhecida no passado como “Ronaldinha” por ter namorado o ex-jogador Ronaldo Fenômeno,  Viviane Brunieri contou um testemunho impactante à Revista Quem, de como saiu da perdição para encontrar em Jesus Cristo o caminho da salvação.

Entre a dependência de drogas, internação psiquiátrica e filmes adultos, ela falou sobre a vida vazia sem Deus. E só conseguiu encontrar a paz ao entregar ao Evangelho de Cristo aos 33 anos, na igreja Batista.

Hoje, aos 44 anos, mãe de dois filhos, a ex-Ronaldinha é missionária. E já revelou que chegou a fazer doações à Igreja com dinheiro que recebeu dos trabalhos na indústria pornográfica.

“Recebi muitas críticas das pessoas dizendo que agora fico falando que me arrependi, mas coloquei a grana toda no bolso. Doei um carro importado que ganhei da ‘revista Sexy’ e doei o dinheiro para igreja. Vendi o terreno que eu tinha e coloquei a grana toda no projeto missionário”, disse ela.

Missão

Vivi, como também é conhecida, atualmente vive de investimentos que realizou em Bali, na Indonésia, e no Japão, e com isso ainda ajuda várias famílias mais necessitadas de recursos. “Tenho uma vida confortável hoje e adotei 10 famílias que contribuo para a renda delas mensalmente. Minha maior missão é ajudar ao próximo”, conta.

História

A ex-Ronaldinha nasceu num lar católico, mas passou pelo kardecismo e pelo candomblé. A igreja evangélica foi um dos destinos de Vivi, mas inicialmente ela não assumiu qualquer compromisso.

“Na época da Copa, em 2002, fazia até uma célula na minha casa e na da Carla Perez, quando ela morava em São Paulo (SP). Em 2004, trabalhei como produtora do João Kleber e ali eu queria muito Jesus, mas não tinha tido um encontro real”, relembra.

“Quando fui morar no Japão em 2005, voltei a usar metanfetamína, tive uma recaída e começou uma luta, cada vez pior. Em 2008, recebi o convite para fazer os filmes adultos. Estava em um momento bem delicado. Tive uma gravidez problemática. Eram gêmeas e uma veio a óbito. Estava com dificuldades financeiras e aceitei a proposta”, revelou.

Mudança

Atualmente longe da vida mundana e já tendo feito um curso de Teologia, a ex-Ronaldinha agora se dedica à vida missionária, esperando que o seu testemunho possa ajudar mulheres que passam pelos mesmos problemas que ela já enfrentou, segundo o Guiame.

“Hoje, através das minhas más escolhas e testemunho posso ajudar outras mulheres e meninas que passam pela mesma situação. Estive lado a lado com a Leila Lopes. Tinha dois anos que ela tinha feito os filmes e ela suicidou. Eu uso tudo que vivi para que outras pessoas não precisem passar pelo o que eu passei”, conclui.

*Com informações da Revista Quem

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Amanda Loyola, floresce uma potência vocal do gospel

Artista capixaba, que ficou conhecida ao participar do quadro Jovens Talentos, do Programa Raul Gil, já lançou três canções pela Sony.

Xangri-Lá (RS): Leitura da bíblia obrigatória em escolas

Lei aprovada pela Câmara de vereadores de Xangri-Lá (RS) defende leitura da Bíblia em escolas para 'tornar o ambiente escolar mais saudável e altruísta' Saiba mais!

Live Solidária reúne artistas cristãos em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Brasil está lendo menos, mas a Bíblia ainda é o livro preferido

Apesar dos leitores brasileiros estarem lendo menos, pesquisa "Retratos da leitura" apontou que a Bíblia continua sendo o livro preferido dos brasileiros. Saiba mais!

Luciano Camargo reverencia o gospel em trabalho solo inédito

Com 29 anos de carreira ao lado irmão, Zezé de Camargo, Luciano Camargo acaba de lançar 15 músicas dedicadas ao gospel. O álbum "A Ti entrego". Saiba mais!

Assista o clipe “Olha eu aqui”, de Ton Carfi

Depois da versão ao vivo de "Olha eu aqui", Ton Carfi lança a versão original com videoclipe. Assista!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!

Encontro nacional Renas: “Ser criança em tempos de incerteza”

É a 13ª edição do Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas). Evento, que acontece em outubro, será online. Saiba mais!

Jornada Agentes de transformação online; Saiba mais!

Realizado pelo grupo Valorem, organização que reúne empreendedores cristãos para servir o reino de Deus através de negócios, a Jornada Agentes de transformação, acontece dias 11 e 12 de setembro.
- Publicidade -

Plugue-se

Amanda Loyola, floresce uma potência vocal do gospel

Artista capixaba, que ficou conhecida ao participar do quadro Jovens Talentos, do Programa Raul Gil, já lançou três canções pela Sony.

Luciano Camargo reverencia o gospel em trabalho solo inédito

Com 29 anos de carreira ao lado irmão, Zezé de Camargo, Luciano Camargo acaba de lançar 15 músicas dedicadas ao gospel. O álbum "A Ti entrego". Saiba mais!

“Compostagem” é o novo EP do rapper Felipe Vilela

O projeto conta com três faixas, entre elas a canção “Reluzir”, que traz a participação de Eli Soares O rapper Felipe Vilela acaba de apresentar...

Espiritualidade saudável e a qualidade de vida no mundo pós-moderno

"Formação Espiritual" reúne reflexões de teólogos e alerta para os perigos do ativismo, da pressa e do esfriamento das relações humanas e da fé.