21.6 C
Vitória
quarta-feira, 8 dezembro 2021

De guerrilheira das Farc a missionária na Colômbia

Sara Gómez foi membro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), mas se converteu ao evangelho e virou missionária no país

Sara Gómez, ex-guerrilheira das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) teve uma vida completamente transformada ao aceitar Jesus. Quem passou por fortes experiências antes do novo nascimento sempre tem um grande testemunho a compartilhar.

Sara saiu de casa aos 14 anos de idade para ingressar no grupo guerrilheiro. Sara buscava um significado pra sua vida e achou que se juntando ao grupo de ideologia marxista iria encontrar a importância e aceitação que tanto buscava.

Um tempo depois ela soube que a sua família tinha se tornado cristã. Inclusive foi pressionada pra denunciar sua família. Mas provavelmente cansada de fazer parte de um grupo onde só se vivia violência, logo depois ela resolveu deixar as FARC.

Trabalho missionário

A ex-guerrilheira começou a servir ao Senhor, casou e confiou na proteção de Deus, pois sabia que não seria fácil se livrar da perseguição do grupo que havia deixado para trás.

Sara começou a compartilhar da Palavra de Deus para outras pessoas que também haviam deixado o grupo guerrilheiro. Faz um trabalho com os jovens colombianos distribuindo Bíblias, inclusive Bíblias ilustradas. “A Bíblia em Ação é como um filme, e atrai as pessoas”, disse ela à organização missionária a Voz dos Mártires.

Quem ganhava a Bíblia se interessava em fazer estudos bíblicos, e isso começou a abrir portas para a ampliação do trabalho missionário da ex-guerrilheira. Até hoje Sara e sua família correm risco de vida pelos membros das FARC. Pois eles estão se aproveitando do isolamento social e dos militares que estão nas ruas para perseguirem os antigos membros do grupo.

Sabendo disso, Sara e sua família fugiram da região. Estão sendo abrigados numa igreja até que seja seguro retornar. Ela informou a um missionário da Voz dos Mártires que estava grata porque “não estava com fome ou sem abrigo”.

*Com informações da organização missionária a Voz dos Mártires

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se