28.3 C
Vitória
terça-feira, 19 janeiro 2021

Evangelize brincando: “Sem amizade não existe cristianismo”

Através do projeto Evangelize Brincando, o senhor Cledevaldo fala do amor de Cristo para seus vizinhos e já conseguiu transformar a comunidade onde vive

Amizade e disposição para falar do amor de Deus! Foi o que fez Cledevaldo Paixão ao perceber na comunidade onde mora em Cuiabá, Mato Grosso, que, apesar de estar cheio de jovens, poucos conheciam Jesus. Para mudar essa realidade, ele decidiu implantar o projeto Evangelize Brincando.

Então, Cledevaldo começou a promover brincadeiras com os jovens do bairro como futebol e jogos de tabuleiro. A comunidade simples, que contava com poucas opções de lazer e rapidamente se envolveu com a proposta. Os pais passaram a acompanhar os filhos e em pouco tempo um grupo significativo de pessoas começou a se reunir aos domingos à tarde.

O projeto começou em 2013. “Antes de começar e quando terminávamos de jogar futebol, vôlei ou qualquer outra atividade, convidava todos para orar. Neste momento, as regras eram ditadas de forma muito clara: sem palavrão, deboche ou brigas. As atividades acabavam e já os convidava para que voltassem e participassem do culto de domingo à noite”, detalha Cledevaldo.

Amizade, o início para o evangelismo

Foram anos de encontros, diversão, amizades e discípulos feitos. A partir do projeto, sete pessoas estudaram a Bíblia e foram batizadas.

“Sempre acreditei que sem amizade não existe cristianismo. E que para fazermos amigos precisamos respeitar o estilo de vida das pessoas, mesmo quando não concordamos com as escolhas que fazem. Quando alguém levava cerveja ou cigarro, por exemplo, com muito carinho eu reforçava que os nossos encontros eram diferentes, que o espaço [era] cristão e sugeríamos que não trouxessem. A pessoa voltava no próximo domingo e não trazia mais”, explicou.

evangelize_brincando
Cledevaldo e Raysllan fazendo estudo bíblico. Foto: Gabriel Paixão

Pai da fé

Raysllan Costa morava em um bairro próximo, soube dos momentos de recreação e decidiu participar. Era muito tímido, de pouca conversa. Mas tudo mudou com o projeto. “Eu tinha 15 anos e não queria saber de igreja. Me senti acolhido por aquelas pessoas, que me mostravam o quão feliz é quem serve a Deus. Ficava impressionado com o fato de não ter competição ou das pessoas não brigarem durante os jogos de futebol”, aponta.

Foi em Cledevaldo que Raysllan passou a se inspirar. “Ele é muito simpático e carismático. Aos poucos, foi lidando com a minha timidez e logo me vi indo pedir seus conselhos. Quando me sentia perdido, ele falava: ‘não desiste de Deus. Ore, leia a Bíblia e sempre que precisar de alguém para conversar, pode me procurar’”, compartilha o jovem.

Raysllan começou a estudar a Bíblia e cerca de um ano depois foi batizado. “Fizemos uma decoração e preparamos um bolo para ele. Foi muito emocionante”, relembra Cledevaldo. Depois, a mãe do rapaz olhou para Cledevaldo e reforçou a importância do que havia acabado de acontecer: “Você é responsável pelo meu filho a partir de hoje!”, declarou a mãe.

Mesmo após tantos anos, eles continuam presentes um na vida do outro. “Ele me acompanhou em períodos complicados e me deu apoio até quando fui pregar pela primeira vez. O Cledevaldo é muito importante para mim! É meu pai da fé! Com ele aprendi que amizade é mais que um método de evangelismo, é um dom”, reflete Raysllan.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Suspenso o inquérito contra desembargador que humilhou guardas em Santos

Diz que direito de defesa foi violado. Caso aconteceu em Santos (SP). Eduardo Siqueira humilhou guarda e se recusou a usar máscara na orla

Missões Nacionais abençoando o Amazonas

A campanha SOS Manaus, da Junta de Missões Nacionais mobiliza igrejas e parceiros missionários, todos voluntários para abençoar o estado do Amazonas. Saiba mais!

“Haja luz”, nova canção de Luciano Camargo

O louvor, que já está disponível em todas as plataformas digitais, vem como uma comemoração da vida do artista e um anseio para o ano novo. Ouça a canção!

O legado de Luther King por Pastor Michael Eric Dyson

Como Martin Luther King, um pastor batista negro se revoltou com a desigualdade racial e liderou um movimento que iria inspirar ações antiracistas regiões do mundo. Saiba mais!

Mourão: Forças Armadas indisciplinadas comprometem democracia

Vice-presidente Mourão disse que, no Brasil, Forças Armadas são comprometidas com as suas missões. Saiba mais!

Mortalidade de cristãos aumenta em 60% em 2020

Número de cristãos mortos no mundo aumenta no último ano. Entenda a perseguição violenta enfrentada por cristãos em todo o mundo. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Fé na caminhada cristã! Fernandinho batiza os filhos

Ao lado do pastor Rodrigo Oliver, Fernandinho batizou seus filhos neste domingo, 17 e escreveu no instagram: "Um dos melhores dias das nossas vidas", escreveu o artista.

Vietnã ganha a primeira Biblioteca pública cristã

Vietnã ocupa a 19 colocação na Lista Mundial da Perseguição de 2021, da Portas Abertas. Saiba mais!

“A Deus seja a glória”, Nani Azevedo sai do hospital

Internado há vários dias por complicações de covid-19, o cantor Nani Azevedo recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira, 15.

“Abandono” é o novo single da Banda Catedral

Canção inédita é uma crítica social