22 C
Vitória
sexta-feira, 14 agosto, 2020

Evangelizando a Ásia Central

Leia também

Fumaça densa de incêndios florestais encobre o céu de Cuiabá

O prefeito da capital, Emanuel Pinheiro (MDB), estuda decretar situação de emergência.

Distribuição de máscaras a estudantes da rede estadual do Amazonas gera polêmica

A compra foi firmada no dia 4 entre Secretaria de Estado de Educação e Desporto do Amazonas (Seduc-AM) com a empresa Nilcatex Têxtil Ltda, sediada no Mato Grosso do Sul

Bater ponto de trabalho a distância vira questão com pandemia

A Reforma Trabalhista de 2017 regulamenta o teletrabalho como uma prestação de serviços fora das dependências do empregador

Líder cristão arrisca a vida para levar Jesus em comunidades remotas na Ásia Central

A perseguição a cristãos não é exclusividade de países do Oriente Médio ou Norte da África. A Ásia Central, região que abriga países como Rússia, Azerbaijão, Cazaquistão, Uzbequistão e outros da antiga União Soviética, também apresenta níveis extremos de intolerância e violência contra cristãos.

Ilmur* é um cristão ex-muçulmano que vive em um desses países e tem um firme propósito: “Tenho um grande desejo de levar o Evangelho ao meu povo. Eu tenho um enorme desejo por isso!” Ele costumava ser, em suas próprias palavras, “um cara muito ruim”, mas Deus mudou sua vida, e agora ele é evangelista de Deus e lidera uma igreja doméstica com sua esposa, Gulya*.

Como se isso não bastasse, Ilmur também é um empreendedor e tem várias maneiras de sustentar sua família e ministério. Ele construiu uma sauna em seu quintal e cobra uma pequena taxa aos vizinhos para usá-la. Ele trabalha como carpinteiro, fazendo pequenos concertos para seus vizinhos. E de manhã ele também entrega pão para uma padaria local.

Relacionamentos e evangelismo

A Ásia Central tem tudo a ver com relacionamentos, e a maneira de Ilmur de compartilhar o evangelho reflete isso. Várias vezes por ano, ele viaja com sua esposa Gulya (e às vezes seus filhos) para vilarejos pobres e remotos. Ele constrói relacionamentos com as pessoas e as ajuda com suas necessidades. Ele coleta doações de roupas, calçados, medicamentos e alimentos para dar às pessoas que ele quer visitar e recebe apoio do Portas Abertas para cobrir seus custos de viagem.

O alvo é sempre aldeias distantes e necessitadas do país. Como a hospitalidade é algo muito importante entre os uigures, em cada visita sempre há uma refeição. Ele os escuta, entrega os mantimentos e sempre ora, com os que aceitam a oração.

“Começamos com a amizade e só depois de um tempo começamos a compartilhar o Evangelho. Devemos ter muito cuidado com isso. Não é apenas perigoso para nós, mas também para a família que nos hospeda”, conta o evangelista.

O povo uigur é de tradição islâmica e vive primariamente em Xinjang, região da China, mas há também comunidades espalhadas em várias regiões e países da Ásia Central.

O líder explica que sempre que visita um vilarejo, é notado como um forasteiro na vila. As pessoas começam a observá-lo, perguntando: De onde ele é? Quem ele visitará? “É por isso que precisamos ter muito cuidado com o que fazemos e como fazemos”, explica.

Apesar de ser cuidadoso, Ilmur não teme a perseguição. “Se você é perseguido, alegre-se! Deus vai cuidar de tudo. A perseguição nos fortalecerá, não devemos fugir dela”, afirma.

A igreja doméstica na casa de Ilmur é um pequeno, mas comprometido grupo de cristãos ex-muçulmanos que se reúne semanalmente para um tempo de comunhão, adoração, estudo bíblico e oração.

O grupo, e o testemunho de vida de Ilmur, já tem gerado frutos. A dona da padaria para qual ele trabalha, Danila*, se converteu a Jesus há alguns meses. Ela procurava há muito tempo, mas encontrou Jesus quando conheceu Ilmur. Ela compartilhou: “Depois que eu recebi Cristo em minha vida, meu coração está florescendo. Meu coração começou a sentir outra coisa. Vejo que minha vida está mudando. A família dela ainda não sabe que ela é cristã.

Ilmur e Gulya entregam donativos. Foto: Portas Abertas

Evangelismo, apesar da perseguição

A perseguição na Ásia Central está estritamente ligada ao evangelismo. A única forma de evitar o evangelismo e o crescimento do cristianismo na região é calando o testemunho cristão.

Em 2018, a Portas Abertas apoiou 175 evangelistas na região, através dos quais 2.233 pessoas foram alcançadas com o Evangelho. Assim, através de valentes como Ilmur, o reino de Deus se expande na Ásia Central.

*Da redação, com informações de Portas Abertas


leia mais

Mais de 20 milhões de evangélicos na Ásia
O Brasil que a igreja desconhece

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

2ª Jornada virtual de estudos em direito e religião

O tema da jornada virtual será Cristãos e o poder: equilíbrio possível? Evento virtual será realizado entre os dias 17 a 21 de agosto

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Plugue-se

Arianne: carreira, essência e propósito

Arianne, que tem 11 anos de carreira, ficou ainda mais conhecida no Brasil pelo projeto "Como contavam nossos pais", que resgata clássicos da música cristã 

Quarteto Gileade alcança 100 mil inscritos no Youtube

O prêmio do YouTube foi conquistado no mês de abril e, atualmente, o canal Quarteto Gileade conta com 125 mil inscritos

Em testemunho de fé, ex miss-universo, Dayana Mendoza se batiza

Dayana Mendoza revelou que encontrou em Jesus as respostas que precisava para sua vida

Baltazar, o atacante brasileiro “artilheiro de Deus”

Conhecido como Baltazar, o "artilheiro de Deus", foi destaque na década de 80, atuando pelo Grêmio de Porto Alegre e hoje, aos 61 anos é pastor e empresário. Conheça essa história!