22.1 C
Vitória
terça-feira, 5 julho 2022

Evangelismo pelas lentes da fotografia

Rodney
Foto: Divulgação

A fotografia é também um ministério. Rodney Machado, fotógrafo há 15 anos, conta como as lentes têm sido instrumento em suas mãos

Por Priscilla Cerqueira

A fotografia é o registro visual de um acontecimento. Pode ser a única lembrança de um momento. Fotografar é uma arte e o conhecimento sobre técnica, pode “gerar” emoção a partir das imagens capturadas. Afinal, quantas vezes observamos as fotos e sentimos um retorno àquele local ou situação?

Apaixonado pela fotografia, Rodney Machado tem se qualificado e buscado ser excelente em transformar momentos em registros “para a vida toda”. Sua jornada começou quando conheceu o designer e fotógrafo do mercado cristão Marcus Castro, que cuidou da identidade visual de projetos de grandes nomes como André Valadão, Thales Roberto e outros.

Marcus viu algo de especial em Rodney em uma ação interna de uma rádio em Belo Horizonte e o convidou para ser seu assistente. A escolha foi perfeita. Rodney abraçou a nova profissão e compreendeu que mais do que uma paixão, a fotografia podia ser um instrumento em suas mãos para falar da sua fé.

Hoje, além de atender a grandes artistas do gospel como Thales Roberto e Eli Soares, Rodney atende projetos de mercado amplo. Há 9 anos anos ele é fotógrafo dos irmãos Menotti. “Eles já se tornaram amigos e muitas portas foram abertas a partir da minha jornada com eles. Tenho viajado o Brasil mostrando meu trabalho, registrando os momentos da dupla e dando testemunho de Cristo” – comenta Rodney.

Fotografia: caminho para o evangelismo

Rodney entendeu que a fotografia, mais do que um meio de trabalho, se tornou uma ponte entre ele e muitas pessoas que ainda não tiveram uma experiência com o Evangelho.

fotografia
Foto: Rodney Machado.

“As pessoas me observam trabalhando e percebem algo diferente. É neste momento que se abrem e assim posso falar da minha fé. Tenho vivido experiências incríveis. Mais do que arte, a fotografia se tornou um ministério para mim” – reforça o fotógrafo.

Focado em qualificar e mostrar que a fotografia é bem mais do que registrar um momento em apenas um “clique”, Rodney tem realizado palestras por diversas cidades ensinando como, a partir da sua habilidade com as câmeras, ele pode “falar” da mensagem de Cristo.

“É preciso ter excelência no que se faz e trazer emoção a partir da forma como se registra o momento. A imagem pode abrir portas que muitas palavras não abririam”, ressalta Rodney.

Culto: treino de uma boa fotografia

Para Rodney, o culto é uma ótima oportunidade para treinar técnicas fotográficas, “pois é um evento que dura em média uma hora e meia e proporciona várias situações diferentes, como música, palavra, dança. Garanta os melhores registros e use o resto do tempo para experimentar novas ideias.

O culto é um extremamente dinâmico e exigirá agilidade do fotógrafo para manusear o equipamento e registrar a cena antes que ela mude. Além disso, é preciso saber utilizar o equipamento em condições desfavoráveis de iluminação e conseguir fotografar de ângulos não muito favoráveis na maioria das vezes. Apesar de todos esses pré-requisitos, os registros feitos nas igrejas têm atraído muitas pessoas pela internet, especialmente, para visitas” – finaliza o fotógrafo.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se