22 C
Vitória
quinta-feira, 6 maio 2021

O evangélico nomeado a chefe de polícia nacional na Indonésia

O general Prabowo, que é evangélico, foi nomeado chefe da polícia nacional na Indonésia. É a terceira pessoa da minoria religiosa a ocupar o cargo na nação de maioria muçulmana

A Indonésia nomeou um cristão como o novo chefe da polícia nacional. O comissário Geral Listyo Sigit Prabowo é a terceira pessoa da minoria religiosa a ocupar o cargo na nação de maioria muçulmana. Seu nome foi aprovado por unanimidade pelo parlamento, apesar da oposição de grupos islâmicos.

O novo chefe, que lidera a Agência de Investigação Criminal da Polícia Nacional e é um aliado próximo do presidente da Indonésia, Joko Widodo, vai substituir o general Idham Azis, que se aposentou recentemente.

Listyo disse que tentaria garantir que a força policial fosse mais transparente e intensificaria os esforços para lidar com problemas graves, incluindo intolerância e radicalismo.

A organização saudou a nomeação do novo chefe de polícia, afirmando que “a religião de Prabowo não desempenhou um papel, o que importa são suas conquistas e sucessos passados, bem como sua visão para o futuro da Indonésia como um país democrático, livre, mas ordeiro”.

General Prabowo

Prabowo vem de uma família com tradição reformada protestante. Ele disse anteriormente que experimentou uma renovação da fé na Igreja Pentecostal de Betel.

Antes de sua nomeação, Prabowo era o chefe da Agência de Investigação Criminal da Indonésia. Ele foi o único candidato do presidente Joko Widodo, aprovado por unanimidade pelo Conselho Representativo do Povo, câmara baixa do parlamento da Indonésia.

Promessa

Durante o seu discurso de aceitação, Prabowo prometeu melhorar a força policial e “promover a diversidade”, para combater a discriminação que as minorias indonésias frequentemente sofrem. E também garantiu que ai apoiar a liberdade religiosa.

“As várias experiências da nação e do estado até agora serão certamente lições valiosas para todos nós no esforço de continuar a reforma policial”, acrescentou.

*Com informações de Uca News

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se