Jovem evangeliza e estimula o estudo da Bíblia

Além de pregar a Palavra de Deus, jovem estimula o estudo da Bíblia. Foto: NA

Além de pregar o Evangelho, João Vitor criou um grupo de estudos bíblicos para aprender mais sobre Jesus.

Tudo começou com uma conversa sobre religião entre os amigos Felipe Maraschim e João Vitor Correia, em Novo Hamburgo (RS). O barbeiro João Vitor cortava os cabelos de Felipe, que o abordou se ele acreditava em Deus.

Foi dali que João teve a vida transformada ao ouvir de Felipe a história do amor de Deus. João foi convidado para participar do grupo de estudos bíblicos e ele aceitou.

“Disse a ele que Jesus está voltando e preparando um Céu para nós. Aí perguntei se ele estava preparado para ir para o Céu. E ele quis saber mais sobre isso. Perguntei se ele estava disposto a saber mais sobre Deus e o plano da salvação, e ele aceitou estudar a Bíblia”, contou Felipe.

A partir disso, uma rotina de estudos bíblicos foi estabelecida na barbearia. A aproximação espiritual deles se fortaleceu ainda mais depois da recuperação das mãos de João, que apresentava verrugas e não tinham cura. João aprendeu os princípios bíblicos de amor, entrega e confiança. Cada vez mais se interessou pelo ensino da Bíblia. “Acabava um estudo, já queria ver outro. O que aprendo, para mim, é a verdade. O Felipe é meu amigo de fé”, pontuou João.

Escola Bíblia Anunciai

Felipe é membro da Igreja Adventista de Vila Iguaçu, em Nova Hamburgo (RS). E já está acostumado a levar a palavra de Deus por onde passa. A história do João repercutiu nas redes sociais. A partir disso, o jovem resolveu criar a Escola Bíblica Anunciai.

“Tenho 19 alunos no momento. Fazemos o Pequeno Grupo na casa da amiga do João; temos um grupo de juvenis que também recebe estudos, além daqueles que ensino individualmente. O João conhece muita gente. Ele me indica como instrutor bíblico para as pessoas que se interessam em aprender sobre a Bíblia”, comemora o jovem.

Felipe Maraschim foi criado desde criança na Igreja Adventista. Aos 16 anos se desligou da denominação. E retornou seis anos e meio depois. Durante este período, virou modelo e também chegou a trabalhar como corretor de imóveis. Tinha uma carreira promissora. Mas deixou tudo pelo Evangelho.

“Fui campeão em vendas, em 2016. Fui eleito o modelo do Rio Grande do Sul, em 2017. Cheguei a frequentar uma religião satânica. Mas abandonei tudo para estar com Deus, e me rebatizei em julho do ano passado. Após muita oração, falei para Deus que eu estava disposto a ensinar sobre Ele”, relata.

*Com informações de Notícias Adventistas


Leia mais

O Evangelismo no interior do Maranhão
Solidariedade e Evangelismo aos caminhoneiros
Grupo cristão leva evangelismo e solidariedade
Você realmente se preocupa com o evangelismo?

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!