27.9 C
Vitória
sábado, 5 dezembro 2020

EUA acolhem cada vez menos cristãos perseguidos

Leia também

Saúde necessita de investimento em governança de dados

"O País demanda urgentemente respostas e responsabilizações adequadas às empresas e órgãos que tratam dados pessoais sensíveis", afirma advogada Bianca Albuquerque

Operação Uruatu 2 faz buscas contra traficantes de animais

Segundo a PF, ao longo das investigações foram aprendidas centenas de animais silvestres no curso das investigações policiais

Governo anuncia operação de combate a crimes contra idosos

Após constatação de que o total de denúncias de crimes registrados por meio do Disque 100 aumentou durante a pandemia

País recebe 100 vezes menos refugiados do Oriente Médio do que há dois anos.

Discurso do Governo Trump de abrigar cristãos perseguidos não condiz com a realidade em que o número de pessoas deslocadas continua a aumentar em todo o mundo enquanto os números de refugiados dos EUA caíram.

O número total de 22.491 refugiados no ano fiscal, que terminou em 30 de setembro, indicam uma tendência preocupante. Governo americano divulgou recentemente que planeja restringir ainda mais o limite de reassentamento em um terço, para 30.000, no ano que vem.

Embora a maioria dos refugiados recebidos no último ano seja de cristãos, a queda geral significa que muito menos crentes estão encontrando refúgio nos EUA do que em anos anteriores. No ano fiscal de 2018, 15.748 refugiados cristãos entraram no país, um declínio de 36,4% em relação ao ano anterior e um declínio de 55% em relação ao ano fiscal de 2016.

As reduções são ainda mais dramáticas entre os refugiados cristãos que escapam da perseguição por sua fé. Apenas 1.215 cristãos foram reassentados dos 11 países citados pela Portas Abertas dos EUA como o pior para os cristãos, uma queda de quase 75% em relação ao ano anterior.

Apenas 20 crentes da Síria, 23 do Irã e 26 do Iraque se refugiaram nos Estados Unidos no ano passado, uma queda enorme em relação aos níveis históricos, apesar dos riscos e conflitos contínuos nessas áreas. Muitos dos que foram informados de que seriam reassentados estão agora retidos em países terceiros, impedidos de continuar para os EUA, mas incapazes de regressar às suas terras natais por medo de perseguição.

“É simples a matemática que, com muito menos vagas para os refugiados em geral, os cristãos – que na última década foram responsáveis pela pluralidade de todos os refugiados admitidos nos EUA – seriam mantidos fora de outras religiões”, disse Matthew Soerens, Diretor de mobilização de igrejas dos EUA para o World Relief.

O ano passado foi o pior já registrado para refugiados cristãos perseguidos e para refugiados em geral.

Situação crítica

Soerens, que forneceu uma análise das quebras de reassentamento com base nos dados do Departamento de Estado, diz que a situação é ainda pior para outras minorias perseguidas. Os refugiados muçulmanos foram mantidos fora dos Estados Unidos a um ritmo muito mais alto. Menos de 3.500 muçulmanos encontraram refúgio nos EUA no ano passado, com queda de 85% em relação a 2017 e mais de 90% em relação ao ano anterior.
“Enquanto os refugiados de quase todos os grupos religiosos são afetados pelo declínio geral nas admissões de refugiados, certamente parece que os muçulmanos têm sido particularmente destacados”, disse Soerens. “Isso sugere um desgosto governamental em relação a uma religião em particular que é inconsistente com nossos princípios constitucionais de liberdade religiosa”.

Judeus, yazidis e refugiados de outras religiões minoritárias também foram quase totalmente excluídos, disse Soerens.

No geral, os requerentes de asilo do Oriente Médio foram largamente abandonados. Durante os últimos 12 meses, apenas 249 pessoas (total, de todas as religiões) do Oriente Médio chegaram aos EUA como refugiados. Durante o mesmo período do ano passado, 64 vezes mais refugiados vieram daquela região – 16.144 ao todo – e, em 2016, mais de 100 vezes mais – 26.325.

Responsabilidade

No primeiro ano da história recente, o Canadá reassentou mais refugiados do que os Estados Unidos, apesar de ter aproximadamente um nono da população.
Pesquisas deste ano do Centro de Pesquisas Pew descobriram que apenas um quarto dos evangélicos brancos acredita que os EUA são responsáveis por aceitar refugiados, contra 43% dos protestantes brancos, 50% dos católicos e 63% dos protestantes negros (a maioria dos quem se identifica como evangélico).

Mas os defensores evangélicos continuam a defender a entrada de refugiados e questionaram como a direção da política atual se ajusta aos esforços mais amplos de promover a liberdade religiosa.

“Esta decisão contradiz o compromisso declarado do governo em ajudar cristãos perseguidos e minorias religiosas em países perigosos e opressivos”, disse o presidente da World Relief, Scott Arbeiter. “Os evangélicos devem se preocupar com esse ataque contra o nosso chamado para apoiar ‘o menor deles'”.

Políticos como o vice-presidente Mike Pence e o embaixador-geral dos EUA para a liberdade religiosa internacional Sam Brownback anunciaram uma agenda de apoio às minorias perseguidas no exterior. O presidente Trump insistiu em ajudar os cristãos perseguidos em particular, especialmente em áreas de conflito como a Síria, onde uma guerra brutal travou durante os últimos sete anos.

No entanto, a política de refugiados não reflete essas prioridades; apenas 70 cristãos de lugares como Irã, Iraque, Líbano, Palestina, Síria, Turquia e Iêmen foram realocados nos EUA no último ano fiscal, em comparação com mais de 3.000 cristãos da região que vieram no ano fiscal de 2017. (Alguns religiosos, os defensores da liberdade, acreditam que é melhor apoiar os refugiados, mantendo-os perto de suas pátrias).

Jen Smyers, diretora de política e defesa do Church World Service, chamou os números em declínio de “chocantes”. “Isso certamente contradiz os sentimentos do governo em relação às minorias religiosas”, disse ela.

Ela conta a história de um refugiado que mora em Columbus, Ohio, cuja esposa e filho deveriam ser reassentados em janeiro de 2017. Devido à espiral de reassentamento, no entanto, ele ainda está esperando por eles. Ele nunca conheceu seu filho.

“Este desmantelamento do reassentamento de refugiados está realmente rasgando em pedaços o que as pessoas de fé gastaram décadas construindo”, disse Smyers. “Isso é eles destruindo o que as igrejas levaram décadas para construir.”

*Com informações de Christianity Today.

leia mais

O amor pelos refugiados
ONU pede solidariedade e compaixão no Dia dos Refugiados
Líderes protestam contra a deportação de refugiados cristãos

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Refugiados recebem cartilhas sobre informações financeiras

“A nossa Constituição garante a brasileiro e migrantes os mesmos direitos, à vida, a liberdade", afirmou o diretor Maurício Moura

Perseguição! Por que os cristãos são presos?

Em diversos países, muitos cristãos são presos apenas por seguirem os ensinamento de Jesus e não abrirem mão de sua fé. Saiba mais!

Como prosseguir em meio ao luto?

Alba, cristã colombiana, compartilha a dificuldade em realizar coisas cotidianas após a perda do marido por conta da perseguição. Saiba mais!

Reconhecimento facial para monitorar cristãos na China

Vigilância ao extremo na China! Na tentativa de controlar o avanço do cristianismo no país, governo investiu no reconhecimento facial nas igrejas para monitorar cristãos. Saiba mais!

Netanyahu sobre os cristãos: “campeões da verdade”

Primeiro-ministro participou da 4ª Cúpula Anual da Mídia Cristã em Jerusalém. Saiba mais!

A igreja deve se posicionar sobre as eleições?

Anônimo A Igreja Adventista reconhece as obrigações do exercício da cidadania, mas não possui e nem mantém partidos políticos, não se filia a eles, tampouco...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

O versículo mais lido de 2020!

O versículo campeão de leitura em 2020 é baseado em Isaías 41:10: “Portanto, não temais, pois estou contigo..." Saiba mais!

Novo álbum musical do Missionário R. R. Soares

O álbum "Em O nome de Jesus", com 12  músicas inéditas, foi lançado depois de cinco anos. Primeiro single do projeto está disponível em todas as plataformas e Youtube

Wilson Witzel é batizado em igreja evangélica

O batismo ocorreu um dia antes de Witzel protocolar sua defesa no tribunal misto, que julga o processo de impeachment dele. Saiba mais!

3 palavrinhas é indicado ao premio Gerando Salvação

Na categoria “Projeto Infantil”, o 3 palavrinhas, que é considerado o maior canal infantil gospel do mundo, concorre ao lado de Aline Barros e outras estrelas do segmento. Saiba mais!