23.7 C
Vitória
quinta-feira, 9 abril, 2020

Multidão ora em favor da liberdade religiosa em Hong Kong

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Casos de coronavírus no Brasil são quase 16 mil e mortes somam 800

Nas últimas 24 horas, foram 133 óbitos. O índice de letalidade subiu para 5%

Justiça destina R$ 2,5 bilhões da corrupção para a saúde

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar, ainda, a aplicação de R$ 51 milhões no combate ao novo coronavírus.

Orai e pregai o evangelho, não importa como

Ao orar e apresentar a mensagem do evangelho para a equipe médica de um hospital de Manila, nas Filipinas, o pastor Joseph Castillo foi surpreendido com várias decisões por Cristo

ES: Procuradoria pede que Estado suspenda cultos

No pedido, a Procuradoria do Ministério Público Federal disse que a permissão para a realização destes eventos poderia prejudicar o combate à covid-19

“Buscamos a justiça e a misericórdia de Deus para preencher nossa terra”, diz o representante da Irmandade de Estudantes Evangélicos

Estudantes, trabalhadores, grupos de Direitos Humanos e cidadãos estão se unindo no centro de Hong Kong, na China, pedindo a renúncia do diretor-executivo Carrie Lam por conta de mudanças na lei que registrem a liberdade religiosa. Nas últimas semanas, manifestações em apoio às igrejas paralisaram a cidade com quase 2 milhões de manifestantes.

O governo reagiu suspendendo o projeto de lei que teria permitido extradições para a China continental. Lam também se desculpou publicamente pelas “controvérsias, disputas e ansiedades” que o projeto de lei havia causado.

APOIO ÀS IGREJAS

Atualmente, igrejas e organizações cristãs manifestaram sua oposição às mudanças legais que restringem as liberdades. Entre aqueles que marchavam pela democracia estavam membros de igrejas de todas as idades, mas “especialmente jovens cristãos” , um representante da Fellowship of Evangelical Students (FES), em Hong Kong, disse à imprensa: “Muitos pastores da igreja vieram para a zona de ‘ocupação’ orando e adorando junto com os manifestantes cristãos , e tentaram protegê-los com seus corpos”, disse Barry Cheung.

Vídeos de mídias sociais registraram o grupo entoando o hino cristão “Cante Aleluia ao Senhor”, que se tornou uma espécie de hino não-oficial. “As pessoas e a igreja em Hong Kong despertaram e têm mais consciência política após o movimento em 2014”. Segundo Cheung, os cristãos aderiram às marchas porque “suspeitavam que o governo não servisse mais ao povo, mas apenas ao governo central da China”. Cheung terminou dizendo: “A igreja permanece firme com a massa de pessoas, pedindo ao governador para dialogar (…). Buscamos a justiça e a misericórdia de Deus para preencher nossa terra ”.

*Com informações Evangelical Focus


leia mais

Igrejas demolidas na China
China fecha outra grande igreja de Pequim

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Igreja Renascer faz demissão em massa em TV

A alegação da Rede Gospel para a demissão em massa nesta quarta (8) foi a de que, com o fechamento dos cultos, a arrecadação caiu e não há mais possibilidade de mantê-las

“Mesa solidária” a quem precisa na pandemia

Como uma forma de ajudar a quem precisa, uma moradora de Cruzeiro do Oeste (PR), iniciou o projeto "Mesa Solidária", que atende pessoas que passam insegurança alimentar na cidade

Inovação! Kemuel lança primeiro single em inglês

Com participação de Amanda Malela, a versão de “O Teu Amor” dá início a um novo momento na carreira do grupo

Lives, podcasts cristãos, aumento do consumo digital

Em tempos de isolamento social hoje é consumo digital. Cantores e pastores brasileiros usam lives e publicam podcasts com conteúdos específicos para seus membros Em...