27.3 C
Vitória
quinta-feira, 26 novembro 2020

Estudantes brasileiros no prêmio mundial de inovação

Leia também

Faturamento do setor de máquinas cresce pelo 5º mês seguido, diz Abimaq

Segundo a Abimaq, deve-se ao aumento dos investimentos no Brasil com máquinas e equipamentos fabricados localmente

Força Tarefa vai atrás de arquivos de pedofilia na Deepweb

Black Dolphin, em referência a uma prisão localizada na fronteira com o Casaquistão conhecida por abrigar presos condenados à prisão perpétua

Saúde recebe estudo para ampliar validade de testes

Considerado "padrão ouro", o RT-PCR é um dos exames mais eficazes para diagnosticar a covid-19, além de ser arma poderosa

Os estudantes brasileiros foram selecionados no Festival SESI de Robótica

O desenvolvimento de uma tecnologia para selar o asfalto e a solução para evitar acidentes de carro em ruas escorregadias consagrou duas equipes de estudantes de robótica entre os 20 finalistas de prêmio mundial de inovação. Os estudantes foram selecionados no Festival SESI de Robótica e tiveram seus projetos de pesquisa escolhidos entre 40 mil concorrentes.

A divulgação do ganhador do Global Innovation da First Lego League será realizada online no dia 27 de junho, às 11h. A equipe levará um prêmio de US$ 20 mil para ser investido no desenvolvimento do projeto vencedor.

Selante asfáltico

Com base no tema da temporada e pensando em cidades mais inteligentes, os alunos pesquisaram e identificaram que um dos grandes problemas das cidades são as rachaduras e fissuras, que levam à degradação do pavimento das estradas com o passar do tempo.

Dessa forma, estudantes de Barra Bonita, em São Paulo, desenvolveram um selante asfáltico. A tecnologia atua se expandindo e bloqueando a ação nociva da água e um dos principais responsáveis por rachaduras em ruas e avenidas. Com a tecnologia, os alunos querem acabar com a formação de buracos nas estradas de uma vez.

“Esse problema é gravíssimo por ocasionar falhas mecânicas nos carros, acidentes, lentidão no trânsito, entre muitos outros problemas. O Ecopavi tem a capacidade de se expandir e selar totalmente as fissuras nos pavimentos. Ele é composto por dois materiais: liguinina e as nanopartículas de carbono. Ambos extraídos do bagaço da cana-de-açúcar”, explicou a equipe Biotech, em vídeo divulgado no YouTube.

Os estudantes tiveram a ajuda de um químico e realizaram entrevistas com engenheiros e especialistas, para alcançar um resultado sustentável, eficaz e aplicável em grandes e pequenas obras.

Acidentes de carro

Moradores de Goiânia, os estudantes da equipe Titans L.J. pesquisaram soluções para os acidentes de carro provocados por pistas escorregadias. Uma frutinha chamada jamelão, muito comum na cidade, é a responsável pela situação recorrente na cidade. Ao cair no asfalto, o fruto roxo libera uma espécie de gordura, que deixa o asfalto escorregadio, elevando o risco de acidentes.

“A época de frutificação da árvore coincide com a época chuvosa. Então, quando o fruto cai na massa asfáltica, ele acaba deixando uma massa gordurosa, o que ocasiona diversos acidentes. Foi o que aconteceu na avenida Antônio Fidélis, onde ocorreu 16 acidentes em apenas um dia chuvoso”, explicou a estudante Lorrany Gonçalves Cirqueira, membro da equipe Titans L.J.

Segundo a estudante, Goiânia tem mais de 1,5 mil árvores de jamelão distribuídas pelas 54 avenidas de toda cidade. “Então, não seria possível fazer a retirada dessas árvores porque causaria um grande impacto ambiental e financeiro para a cidade e a nossa equipe decidiu buscar alternativas”, disse.

Os estudantes escolheram a casca da laranja como agente neutralizador da gordura liberada pelo jamelão. O resultado da pesquisa foi a criação de um composto que, se jogado no asfalto, consegue resolver o problema do asfalto se tornar mais escorregadio e melhora as condições de segurança no trânsito.

Robótica

Os estudantes foram selecionados no Festival SESI de Robótica, o torneio nacional que ocorreu em São Paulo, no início de março. Na ocasião, foram premiados estudantes na última temporada City Shaper – Construindo Cidades Inteligentes. Os alunos foram responsáveis por elaborar soluções inovadoras para problemas locais.

Segundo o diretor de operações do SESI Paulo Mól, a abordagem em robótica do Sesi tem o objetivo de fortalecer os ensinos de matemática e ciências aos estudantes, além de desenvolver o aprendizado social e emocional com as disputas.

“Uma perspectiva é o aprendizado tecnológico, pois os alunos começam a ser muito mais curiosos para as questões da matemática e das ciências. Outro ponto é o aprendizado social e emocional, no momento da estruturação dos torneios, a partir de times. Vai ter aquele aluno com maior pendor para programação, outro gosta mais de organizar, outro vai ser o expositor. Você começa a perceber que se assemelha ao que acontece no mundo corporativo, em que existe um time e cada um dá o seu melhor”, afirmou.

*Com informações da Agência Brasil

- Publicidade -

Matérias relacionadas

De desempregado a milionário: “provisão de Deus”

Horas depois de ficar desempregado, um trabalhador do interior do Paraná ganha 1 milhão em um sorteio. Saiba mais!

A tecnologia vai estar mais presentes nas aulas

Para 81% dos professores, a tecnologia é grande aliada do ensino. Ferramenta será indispensável no retorno às aulas

Professora brasileira concorre ao ‘Nobel da Educação’

A professora de Campinas inciou videochamadas junto a seus alunos com deficiência auditiva para sanar dúvidas e ouvir preocupações

“Sonhando alto” beneficia mais de 35 mil jovens cristãos

Projeto "Sonhando alto", da Igreja Adventista ajuda jovens estudantes a conquistarem diploma universitário por meio da venda de livros e manuais educativos. Saiba mais!

Nobel de Medicina 2020 para três pesquisadores: Saiba quem são

O Prêmio Nobel de Medicina vai para os cientistas Harvey J. Alter, Michael Houghton e Charles M. Rice pela descoberta do vírus da hepatite C. Saiba mais!

Missões: Esperança e oportunidades no Líbano

Missionários brasileiros estão levando esperança e oportunidade para refugiados sírios no Líbano, que perderam tudo com a guerra. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 

Conferência pastoral Fidelidade Extrema

Realizado pela Associação Evangelística Billy Graham, a Conferência começou hoje, 13 e vai até amanhã. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Fernandinho e os 16 anos de Ministério pastoral

Uma das maiores referências musicais no mercado gospel, Fernandinho, completou 16 anos de ministério pastoral: "Quero continuar servindo ao meu Deus e à Sua Igreja!", escreveu o cantor

Primeira brasileira a presidir Tribunal de Apelações da ONU

“Na presidência, quero tentar honrar essa tradição brasileira de boa diplomacia, com respeitabilidade honestidade e boa-fé”, disse a magistrada

Deive Leonardo grava última série do ano: Confira!

Gravação será no dia 12 de dezembro, em São José do Rio Preto (SP). Saiba mais!

Atriz é demitida por se posicionar contra a homossexualidade

Após usar sua página no facebook para escrever seu posicionamento contra a homossexualidade, a atriz cristã foi demitida de uma peça de teatro que participaria como atriz principal. Saiba mais!