25.5 C
Vitória
quinta-feira, 18 agosto 2022

Segunda temporada da série “Faces da Perseguição” estreia em julho

Igreja na Nigéria, país onde os cristãos enfrentam onda de violência - Foto: Portas Abertas

Desenvolvida por Portas Abertas, serão 12 episódios, lançados semanalmente, que visam aproximar a igreja brasileira à realidade da Igreja Perseguida

Por Patricia Scott 

Faltam poucos dias para o lançamento da segunda temporada da série “Faces da Perseguição”. O primeiro episódio do documentário, produzido por Portas Abertas, será divulgado no próximo dia 13 de julho (quarta-feira), no canal da agência missionária no YouTube. São relatos de cristãos perseguidos de diversas partes do mundo, que tem como objetivo aproximar a igreja brasileira da realidade da Igreja Perseguida.

Nesta segunda etapa do projeto, serão apresentados 12 episódios. Todos com entrevistas de cristãos, que moram em países como, por exemplo, Nigéria, Egito, Turquia, Irã, Síria, Colômbia, México e Coreia do Norte. Semanalmente, eles serão lançados. Segundo Portas Abertas, os inscritos receberão por e-mail, com exclusividade, o conteúdo antes da divulgação  oficial. Para garantir o acesso exclusivo, clique aqui.

“Faces da Perseguição” apresenta a experiência de homens e mulheres, com diferentes idades. Eles representam realidades socioeconômicas distintas e enfrentam de maneiras diferentes a perseguição religiosa. Portas Abetas adianta que alguns lidam com o medo devido aos ataques violentos de extremistas islâmicos, como no Iraque e na Síria, outros enfrentam pressão socioeconômica das comunidades que não aceitam a fé em Jesus, como o narcotráfico no México.

O lançamento será no dia 13 de julho (quarta-feira) – Foto: Portas Abertas

No entanto, mesmo com as diferenças, eles possuem algo em comum: enfrentam tortura, mortes, prisões, perda de entes queridos, além de outros desafios. Isto porque creem em Jesus e não renunciam a fé, independentemente dos riscos.

Na linha de frente apoiando cristãos perseguidos, Portas Abertas desenvolve projetos que objetivam atender às necessidades mais urgentes dos seguidores de Jesus. A ajuda pode ser socioeconômica, alimentos, medicamentos, aluguel, além de treinamentos, distribuição de Bíblias e literatura cristã ou ainda ações institucionais (consultoria jurídica, pesquisa e presença).

Você pode se tornar um parceiro da Portas Abertas com uma doação e, assim, ajudar no atendimento às necessidades desses irmãos, que são perseguidos injustamente. Ao contribuir, o parceiro recebe de presente, durante um ano, a assinatura da Revista Portas Abertas, que traz relatos atualizados sobre a Igreja Perseguida.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se