24.2 C
Vitória
terça-feira, 20 outubro 2020

Os 5 Estados com locais críticos na distribuição de médicos

Leia também

Guedes volta a enfatizar necessidade de acelerar privatizações

"No primeiro ano em meio de governo fizemos nosso dever de casa e agora vamos fazer um road show de investimentos", completou o ministro

‘Fofoca’, diz Bolsonaro sobre especulação de que Maia pode virar ministro

"Rodrigo Maia é chefe do Legislativo e vai continuar sendo tratado, da minha parte, como chefe do Legislativo", disse o Presidente

Freitas: fluxos financeiros estão cada vez mais atrelados a padrões ambientais

O ministro repetiu que o governo quer prover infraestrutura por meio da via privada - destacando a falta de recursos públicos para isso

Amazonas, Acre, Amapá, Pará e Maranhão são os 5 estados do Brasil com locais críticos na distribuição de médicos. É o que apontou um estudo do IBGE

Por Marcio Dolzan (AE)

O colapso nos sistemas de saúde em alguns dos Estados do Norte e do Nordeste com o novo coronavírus coincide com a baixa oferta de médicos, enfermeiros, leitos de UTI e respiradores, problemas que existiam antes mesmo da pandemia.

Estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a partir do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (DataSUS) mostra que os Estados do Amazonas, Acre, Amapá, Pará e Maranhão apresentavam no ano passado os menores índices de distribuição de médicos para cada 100 mil habitantes entre todos os Estados do País.

Recursos necessários para o combate da covid-19, como leitos e ventiladores mecânicos, também eram baixos em diversos Estados daquelas regiões.

Com quase 10 mil casos confirmados de covid-19 e 751 mortes registradas desde o início da pandemia, o Amazonas tinha em dezembro 111 médicos para cada 100 mil habitantes. Como comparação, o Distrito Federal – que apresenta os melhores índices – possuía mais que o triplo: 338 médicos para cada 100 mil habitantes.

A falta de profissionais também já era vista no quadro de enfermeiros. O Amazonas tinha no ano passado 102 enfermeiros para cada 100 mil habitantes, ante 198 no Distrito Federal.

Segundo o IBGE, em dezembro do ano passado o Piauí apresentava a menor oferta de leitos de UTI entre todos os Estados: apenas 7,1 para cada 100 mil habitantes. Amazonas (7,0), Acre (5,4), Amapá (5,4) e Roraima (4,1) vinham na sequência.

Outro agravante

A pouca oferta de respiradores é outro aspecto que fica evidente Os Estados que apresentaram os menores índices de distribuição dos aparelhos para cada 100 mil habitantes foram o Acre (16,3), Alagoas (15,2), Maranhão (13,9), Piauí (13,7) e Amapá (10,4). Novamente, o Distrito Federal era o mais bem servido, com 63 aparelhos disponíveis para cada 100 mil.

O levantamento do IBGE também aponta para regiões do interior dos Estados com maiores dificuldades de acesso a profissionais de saúde, leitos e equipamentos – e, no geral, mais uma vez a situação já era crítica no norte e nordeste.

Santarém, cidade do interior do Pará com população estimada em 786 mil habitantes, apresentava índice de apenas 58 médicos a cada 100 mil habitantes; Irecê, na Bahia, (com população de 512 mil e índice de 60) e Garanhuns, em Pernambuco, (568 mil e índice de 64) vinham na sequência.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Netanyahu sobre os cristãos: “campeões da verdade”

Primeiro-ministro participou da 4ª Cúpula Anual da Mídia Cristã em Jerusalém. Saiba mais!

Superação! Ela venceu o câncer de mama

O Desafio Superação, em prol do Outubro Rosa mobilizou mais de 1.700 mulheres de todo o Brasil. Saiba mais!

Missionária suíça é executada por extremistas em Mali

Beatrice Stöckli foi assassinada por sequestradores da organização terrorista islâmica, que atua em diversos países da África. Saiba mais!

Professor leva mensagem de esperança em clipe

Frequentador da Igreja Adventista, Eduardo Rocha também canta e decidiu compor uma música para compartilhar fé e esperança com os alunos.

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.

Milhares de pessoas ajudadas no Sul do Pacífico

Ao todo, 125 mil pessoas já foram ajudadas com reparos nas casas e construções de abrigos através de projetos desenvolvidos pela ADRA.

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.

Episódios do Nossa Música Brasileira; Assista aqui!

Nossa Música Brasileira acontece em formato on-line, com episódios até o final de 2020.. Confira aqui!

Os vencedores da Billboard Music Awards 2020

Kanye West levou nove prêmios, em seis categorias. A cantora Lauren Daigle, que ganhou em três categorias do prêmio em 2019, venceu esse ano como melhor artista cristã.

Luciano Camargo reverencia o gospel em trabalho solo inédito

Com 29 anos de carreira ao lado irmão, Zezé de Camargo, Luciano Camargo acaba de lançar 15 músicas dedicadas ao gospel. O álbum "A Ti entrego". Saiba mais!