22 C
Vitória
quarta-feira, 25 novembro 2020

Estado de São Paulo volta a ter queda de mortes por covid-19

Leia também

Aras vai ao STF contra licença para mãe adotiva e biológica

As adotantes terão 120 dias de licença, prorrogáveis por mais 45 dias, se a criança tiver até um ano de idade

Pazuello desvia de perguntas sobre testes que irão vencer

O RT-PCR é um dos exames mais eficazes para diagnosticar a covid-19, além de ser importante ferramenta de controle da pandemia

Alívio nos preços do arroz no início de 2021, diz Ipea

O governo federal liberou a importação de 400 mil toneladas de fora do Mercosul com isenção da Tarifa Externa Comum (TEC)

Nesta segunda-feira, 28, o Estado de São Paulo contabiliza no total 35.125 mortes por covid-19 e 973.142 casos confirmado

Por Paloma Cotes (AE)

O Estado de São Paulo voltou a registrar queda de mortes por covid-19. Dados divulgados nesta segunda-feira, 28, referentes à semana epidemiológica de número 39 mostram que a média móvel diária de óbitos no Estado neste período foi de 162. A queda foi de 16% em relação à semana anterior, segundo o governo do Estado. Além da queda em mortes pela doença, o Estado também completa dez semanas de queda consecutiva nas taxas de ocupação de leitos de UTI.

Os números foram comemorados, mas com cautela. “São sim bons indicadores, mas como sempre não podemos baixar a guarda. Precisamos manter os cuidados fundamentais, com uso obrigatório de máscaras e distanciamento social”, afirmou o governador João Doria (PSDB).

“Precisamos lembrar que ainda temos uma média móvel de mais de 160 mortes”, afirmou o coordenador-executivo do Centro de Contingência Contra a Covid-19, João Gabbardo dos Reis. “Ficamos um bom tempo no platô e começamos a descer. Não podemos falar em segunda onda porque ainda não saímos da primeira. Tivemos reduções importantes no Estado de São Paulo e não podemos relaxar, porque a queda da doença no País acontece de forma lenta”, disse.

Entre agosto e setembro, o Estado chegou a ter cinco semanas consecutivas de queda em óbitos pela doença, mas esse cenário foi interrompido na semana 38, com uma alta no indicador. A média diária de óbitos havia sido de 194, aumento de 8% em relação à semana anterior. Na época da divulgação do dado de alta, cientistas do governo afirmaram que era cedo para relacionar o crescimento com aglomerações do feriado de 7 de setembro, mas médicos ouvidos pelo Estadão apontaram que o número seria um efeito da flexibilização do isolamento social.

A média móvel é calculada com base nos números da semana e ele é dividido pelo quantidade de dias. Essa forma de cálculo evita possíveis distorções causadas por baixas nos registros aos finais de semana, por exemplo, quando os números tendem a ser menores.

Em relação ao número de casos, a média móvel diária da semana 39 também mostrou uma queda em relação à semana anterior. Foram 5 602 casos na semana 39 contra 5.855 na anterior, uma redução de 4%.

Nesta segunda-feira, 28, o Estado de São Paulo contabiliza no total 35.125 mortes por covid-19 e 973.142 casos confirmados. A doença está presente em todos os 645 municípios do Estado.

Taxa de ocupação de leitos de UTI

Nesta segunda-feira, o Estado registra a menor taxa de ocupação de leitos de UTI desde o início da epidemia, 44,7%. Na Grande São Paulo, a taxa é de 43,2%. O indicador vem apresentando queda consecutiva ao longo das últimas dez semanas. Na semana 39, a média diária de internações é de 1.125, uma queda de 11% em relação à semana anterior.

De acordo com o balanço, 3.930 pacientes estão em leitos de unidades de terapia intensiva, entre casos confirmados e suspeitos. Em enfermaria, estão internadas 4.780 pessoas. Ainda segundo os dados, 839.629 pessoas já se recuperaram da doença e 107.024 tiveram alta hospitalar.

“As internações são o termômetro mais sensível da pandemia. Por isso, essa redução consistente mostra o controle da doença”, afirmou Eduardo Ribeiro, secretário-adjunto estadual da Saúde.

De acordo com Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional, nenhuma região do Estado tem ocupação de leitos de UTI acima de 70%. “Esses indicadores apontam que muitas regiões podem ir para a fase verde, a média do Estado vem apontando essa melhora”, disse.

Todo o Estado de São Paulo está na fase amarela da quarentena desde o dia 11 de setembro. A próxima reclassificação se dará no dia 9 de outubro mas, caso algum lugar apresente piora, pode ser rebaixado excepcionalmente para a fase vermelha, a mais restritiva da quarentena.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Pazuello desvia de perguntas sobre testes que irão vencer

O RT-PCR é um dos exames mais eficazes para diagnosticar a covid-19, além de ser importante ferramenta de controle da pandemia

Alívio nos preços do arroz no início de 2021, diz Ipea

O governo federal liberou a importação de 400 mil toneladas de fora do Mercosul com isenção da Tarifa Externa Comum (TEC)

Bruno: espaço para extensão de auxílio é muito reduzido

"A medida que está reduzindo auxílio e aterrissando no Bolsa Família, a economia vai retomando", disse o secretário do Tesouro

Eficácia da Sputnik V chega a 95% após a 2ª dose, destaca fabricante

Os resultados foram obtidos com base na análise de dados de 18 794 voluntários, que receberam as duas doses da vacina

País quer elevar comércio com a Índia, diz Guedes

"Nossos olhos brilham como vemos acordos como o da Ásia, que integram toda a região", afirmou o ministro da economia

Bolsonaro lamenta alta de preços de alimentos

O presidente ressaltou que sem medidas do governo federal, como a ajuda para pequena empresas e o auxílio emergencial

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 

Conferência pastoral Fidelidade Extrema

Realizado pela Associação Evangelística Billy Graham, a Conferência começou hoje, 13 e vai até amanhã. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Primeira brasileira a presidir Tribunal de Apelações da ONU

“Na presidência, quero tentar honrar essa tradição brasileira de boa diplomacia, com respeitabilidade honestidade e boa-fé”, disse a magistrada

Deive Leonardo grava última série do ano: Confira!

Gravação será no dia 12 de dezembro, em São José do Rio Preto (SP). Saiba mais!

Atriz é demitida por se posicionar contra a homossexualidade

Após usar sua página no facebook para escrever seu posicionamento contra a homossexualidade, a atriz cristã foi demitida de uma peça de teatro que participaria como atriz principal. Saiba mais!

Bíblia 365! Leitura em um ano da Palavra de Deus

Editora Mundo Cristão lança "Bíblia 365", diagramada especialmente para a leitura em um ano Acaba de chegar ao Brasil a Bíblia 365, lançamento da Editora...