25.9 C
Vitória
terça-feira, 26 outubro 2021

Esperar é fácil?

Em 2011, voltei a aceitar convites para pregar em encontros de adolescentes e jovens. Depois de 10 anos sem atuar nessa área, não sabia o que falar e pensei em testemunhar sobre minha decisão de ter esperado até o casamento para me relacionar sexualmente. Eu dizia: “Eu escolhi esperar… e valeu a pena!”. Foi assim que tudo começou.

Iniciei um trabalho pelas redes sociais e percebi que existia uma lacuna enorme sobre o assunto para os solteiros, principalmente cristãos. Percebi também como as pessoas das mais diferentes idades e denominações religiosas assistiam aos vídeos, seguiam e aderiam à campanha, mas sabiam muito pouco sobre o tema.

Hoje, os repórteres que me entrevistam fazem uma pergunta comum: “Como você explica o sucesso da sua campanha? Você fala sobre algo que jovens e adolescentes detestam: esperar. Ainda mais quando se trata de guardar-se sexualmente até o casamento.” Explico que, na verdade, não tem a ver com sucesso, mas com carência.

Sim, esperar por qualquer coisa é muito difícil. Conheço pessoas que mal conseguiram esperar os nove meses para nascer; e algumas nem isso, nasceram prematuras. Falar em esperar em nossos dias é um grande desafio, parece mais difícil quando falamos sobre encontrar o grande amor da nossa vida e mais complicado ainda esperar para ter relação sexual somente no casamento.Em nossos dias, há muita vulgaridade e banalização do sexo e da vida amorosa. Existe uma multidão de pessoas feridas, desorientadas e insatisfeitas nesse quesito, e elas não conseguem discernir o porquê.

Meu desejo com esta coluna a partir de agora na Revista Comunhão é compartilhar a importância de saber esperar, refletir acerca de por que esperar, esclarecer o que não é esperar e concluir o que, de fato, é este escolher esperar para nós..

Coração guardado
Escolher esperar é muito mais do que não fazer sexo antes do casamento. Pouco adianta as pessoas chegarem virgens no casamento, sexualmente intactas por fora, mas completamente destruídas por dentro, marcadas e feridas por relacionamentos anteriores. Não adianta o corpo querer esperar se o coração tem pressa. Conheço muitos jovens que guardam o corpo, mas percebo que a maioria deles não compreendeu que tão importante quanto isso é guardar também o coração (Pv 4:23).

“Eu Escolhi Esperar” é uma campanha que caminha contra a cultura estabelecida em nossos dias e apresenta outra via, resgatando valores e princípios eternos que a geração dos nossos pais desprezou, mas que os jovens atualmente estão experimentando.

Mas como falar sobre a importância de esperar em uma geração que tem tanta pressa? Quem disse que é fácil esperar? A verdade é que ninguém gosta de esperar (admito, eu mesmo não gosto). Então, como esperar se as coisas hoje acontecem de forma tão imediata? Os dias passam voando, os fatos se sucedem rapidamente. Quando percebemos, já estamos no final de mais um ano..

Veja o que diz a Bíblia: “Se agir assim, certamente haverá bom futuro para você, e a sua esperança não falhará” (Pv 23:18). Deus é fiel e não esquece nunca das escolhas que fazemos para agradar ao Seu coração e obedecer à Sua Palavra. As decisões de hoje interferem no amanhã, não se esqueça disso! Até a próxima!

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se