27.7 C
Vitória
sexta-feira, 12 abril 2024

Especialistas comentam os benefícios da Musicoterapia

A musicoterapia é frequentemente usada como complemento à psicoterapia. Foto: Divulgação

Terapia que utiliza elementos musicais, como ritmo, melodia e harmonia, para promover a saúde mental, emocional e física

Por Kebim Tamanini

Nesta sexta-feira (15 de setembro), é comemorado o Dia do Musicoterapeuta, mas você sabe qual é a função desse profissional? O musicoterapeuta atua com o objetivo de promover o bem-estar e a saúde de seus pacientes. Para isso, ele utiliza instrumentos musicais, o próprio corpo, a voz e diversos sons, buscando estabelecer canais de comunicação e interação terapêutica. Vale lembrar que há estudos que mostram que a música contribui para a liberação de dopamina do cérebro, chamado de “hormônio do prazer”.

Para a musicoterapeuta, Kenia Bianor a musicoterapia começa com uma avaliação detalhada do histórico da pessoa, incluindo sua história musical e o ambiente sonoro ao seu redor. “Com base nessa avaliação, são definidos objetivos terapêuticos personalizados, usando a música de maneira apropriada para abordar as necessidades específicas de cada pessoa. Não existe uma abordagem única, pois os benefícios variam conforme as necessidades individuais”, esclarece.

Ferramenta para tratamento

No que diz respeito a pacientes com doenças degenerativas, por exemplo pessoas com alzheimer, parkinson, lesões de AVC, doenças graves e difíceis, a musicoterapia pode ser uma ferramenta valiosa para auxiliar no tratamento. Ela pode contribuir para reduzir os sintomas, melhorar o bem-estar emocional e promover o relaxamento.

- Continua após a publicidade -

Para pessoas com autismo, o musicoterapeuta Paulo Paraguassu relata que pode ser uma ferramenta valiosa para ajudá-las a se expressarem e se conectarem com os outros. “Muitos autistas têm uma afinidade especial com a música, e a musicoterapia utiliza essa afinidade para estimular a comunicação, a linguagem e a interação social. Isso pode levar a uma maior abertura e progresso no desenvolvimento das habilidades sociais e de comunicação”, salienta.

Portanto, a musicoterapia desempenha um papel importante no apoio e tratamento de pessoas em diversas condições, ajudando-as a superar desafios e a desenvolver suas capacidades de forma mais completa e satisfatória.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -