25.1 C
Vitória
terça-feira, 20 abril 2021

Evangélicos libertam 100 crianças da escravidão em Gana

Uma ONG liderada por evangélicos, que trabalha com combate a escravidão e ao tráfico humano, chegou ao número de 100 crianças libertadas em Gana, só este ano.

A International Justice Mission (IJM) agiu em parceria com a unidade anti-tráfico humano da Polícia do país, conhecida como AHTU.

Durante a primeira semana de setembro, a IJM resgatou dois meninos que haviam sido vítimas do tráfico na indústria da pesca. Um homem foi preso por transportar e vender as crianças para um pescador. Os resgatados estão atualmente em um abrigo, enquanto o Departamento de Assistência Social avalia se é seguro que eles retornem às suas famílias sem risco.

Ao site da ONG, um dos diretores explicou a situação de escravidão das crianças. “ Elas foram abusadas e forçadas a trabalhar em condições perigosas. Estamos satisfeitos com o fato de os tribunais negarem a fiança, nestes casos de tráfico de crianças”, disse Ama Amankwah.

Conheça o trabalho da International Justice Mission (IJM)

Um dos meninos, resgatado em julho, resumiu seu entusiasmo por sua nova liberdade em conversa com integrantes da IJM: “Obrigado por me tirar do lago, agora tudo que eu preciso é uma bola de futebol”, disse ele em entrevista divulgada no site da ONG.

Além do resgate de setembro, a IJM prestou apoio à AHTU para realizar uma operação em julho, que resultou em 43 crianças resgatadas e colocadas em segurança. Duas outras operações no início deste ano levaram liberdade para 54 vítimas suspeitas de escravidão.

Através do seu site, a IJM declarou “dezenas de crianças agora serão livres para viver suas vidas como deveriam as crianças; brincando com amigos, indo à escola e sonhando com futuros brilhantes”.

Saiba Mais

Brasileiro salvou crianças de fome na Angola

Ex-soldado enfrenta extremista e salva bebê no Oriente Médio

Fundadora da Hope For Justice combate o tráfico humano

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se