Anne Graham revela vitória contra o câncer e a solidão

Anne Graham Lotz (Foto:Billy Graham Evangelistic Association / RNS)
Anne Graham Lotz (Foto:Billy Graham Evangelistic Association / RNS)

Após a morte de seu marido, e seu pai, Billy Graham, a professora Anne Graham Lotz revela que venceu a batalha contra o câncer e a solidão com ajuda do Espírito Santo

A jornada de Graham Lotz,71, tem sido difícil ultimamente. Há aproximadamente três anos da morte de seu marido e um ano da morte de seu pai, Billy Graham, Anne foi diagnosticada com câncer de mama. Entretanto, a professora de Bíblia, permaneceu com uma fé constante.

Segundo Anne “a vida cristã é muito mais do que apenas ser salva do inferno e muito mais do que apenas ir para o céu – louvar a Deus por ambas as coisas.” Assim afirmou que “é mais do que apenas uma lista de verificação do que fazer e não fazer. É um relacionamento vibrante e vivo, e é suficiente para levar você pelas coisas mais difíceis”, conclui.

Lotz que finalizou o tratamento contra o câncer há duas semanas, realizou algumas viagens, incluindo uma visita à Biblioteca Billy Graham em Charlote, Carolina do Norte, onde lançou seu novo livro: Jesus em Mim: Experimentando o Santo Espírito como Companheiro Constante.

A professora e membra afiliada à Convenção Batista do Sul,antes de mais nada autodenomina-se “seguidora de Jesus”. Dessa forma enfrentou doença, viuvez e orfandade.

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Em entrevista, Anne Graham Lotz, revelou momentos de solidão que enfrentou. “Mas eu não tinha ninguém, não tinha marido a quem recorrer, para conversar. Eu não tinha um pai para onde correr”, revela.

Apesar das circunstâncias “o Espírito Santo é o antídoto de Deus para a solidão”. Assim afirma que em nenhum momento esteve sozinha, e experimentou sua companhia constante.

Ao ser questionada sobre a pessoa do Espírito Santo, Anne afirmou: “o Espírito Santo é Jesus sem pele, o Jesus invisível. Ele é uma pessoa distinta e separada, com sua própria mente, vontade e emoções, mas, assim como Jesus representa exatamente Deus, o Pai, o Espírito Santo representa exatamente Jesus”, descreve.

Segundo Lotz “se você se dedica a isso com o seu foco na dor e no sofrimento e em “Por que eu?” E “Onde está Deus?” E todo esse tipo de bobagem, então simplesmente desce, desce, desce”, emocionalmente.

Dessa forma “compromissos divinos” fazem parte do propósito de Deus para sua vida. “Toda vez que eu passei, houve o que eu chamo de compromissos divinos, onde você sente que Deus o tem lá exatamente para encorajar alguém, elevar alguém, ser uma bênção para alguém”, assim finaliza “tem um propósito nisso e procurando maneiras pelas quais eu possa alcançar e que possa ser uma bênção e encorajamento para outra pessoa”, conclui.

*Da redação, com informações de Christianity Today 


LEIA MAIS

Um ano sem Billy Graham 
Billy Graham afirma que as tentações são maiores após a conversão 
Mais de mil conversões durante o sermão do neto de Billy Graham