24.3 C
Vitória
sexta-feira, 17 setembro 2021

Encontros que mudam a nossa história

Mais Artigos

Existem pessoas que impactam o curso e a história das nossas vidas ao encontrá-las.

Por Lulinha Tavares

Na foz do Rio Araguari, exatamente no município de Cutias do Araguari, no Amapá – extremo norte do nosso imenso Brasil- acontece um dos maiores espetáculos da natureza, a pororoca amazônica – que é o encontro das águas do rio com as águas do mar.

O nome Pororoca vem do Tupi e significa estrondo.

O interessante é que esse verdadeiro encontro de gigantes- rio Amazonas x oceano Atlântico eleva o nível das águas, que por cerca de uma hora provoca ondas que podem chegar a 4 metros por um percurso de cerca de 50 km rio a dentro. Além de atrair a atenção de turistas e esportistas do mundo inteiro, ou seja, essa pequena cidade que possui pouco mais de 5 mil habitantes e fica a 163km de distância da capital Amapá seria outra se não fosse esse encontro.

Assim também acontece em nossas vidas, em maior ou menor escala.

Existem pessoas que impactam o curso e a história das nossas vidas ao encontrá-las. Pessoas que elevam o nosso nível e que sabemos, indubitavelmente, que a nossa vida seria completamente diferente sem elas.

Logicamente que isso também acontece de maneira inversa, pois, existem encontros que, definitivamente, marcam negativamente a nossa vida, porém, a minha intenção é que dediquemos esse breve momento de meditação para lembrarmos de pessoas que marcaram a nossa vida positivamente para sempre, que foram pilares na construção do melhor que existe em nós.

A Bíblia está repleta de exemplos assim. Que tal lembrarmos do encontro que Davi teve com Jônatas – o herdeiro real – que transformou sua vida – o livrou de muitas ciladas e facilitou a sua jornada até o trono de Israel.

Um grande legado desse encontro foi a restituição dos bens que pertenciam a família em favor de Mefibosete – filho de Jônatas, que então era coxo e estava abandonado.

 

Certa ocasião Davi perguntou:

Resta ainda alguém da família de Saul

a quem eu possa mostrar lealdade,

por causa de minha amizade com Jônatas?”

(2 Samuel 9-1 NVI)

 

Esse mesmo Davi foi um agente de transformação e honra de homens marginalizados e desmoralizados que habitavam em uma caverna e que tiveram as suas vidas transformadas e marcadas para sempre após o ter encontrado.

Em outra ocasião, havia uma desgraça em curso, onde inocentes morreriam juntamente com o dono da terra que se chamava Nabal e que foi evitada pelo encontro de Abigail com Davi. Sua doçura, humildade e sabedoria aplacaram a ira do rei e a transformou posteriormente em sua esposa.

 

“Então, Davi disse a Abigail:

Bendito o Senhor, Deus de Israel,

que hoje te enviou ao meu encontro.

E bendito o teu conselho, e bendita tu,

que hoje me estorvaste de vir com sangue

e de que a minha mão me salvasse.

 

Porque, na verdade, vive o Senhor,

Deus de Israel,

que me impediu que te fizesse mal,

que se tu não te apressaras

e me não vieras ao encontro,

não ficaria a Nabal, até à luz da manhã,

nem mesmo um menino.”

 

1Samuel 25:32-34 ARC

 

O que seria da vida daquele homem à beira do caminho, após ser assaltado se não fosse ele tão bem cuidado pelo samaritano que o encontrou caído?

E como não lembrar daquela pobre e sedenta mulher pecadora, de tantos desencontros e desilusões que encontrou a água da vida em Cristo Jesus?

O encontro com Jesus é como o destino final das águas do rio quando se encontram com as águas do mar – como na pororoca – os rios deixam de existir e viram mar. Passam a existir por Ele e para Ele.

Dentre tantas pessoas, abaixo de Deus, que me vem a mente agora. Pessoas que, certamente, se me espremessem e fizessem um suco de mim, sairia um pouco de cada uma delas, tributo esse momento a alguém já se encontra nos braços do Pai. Alguém que, a minha vida seria outra completamente se não tivesse a encontrado: A Nivea.

Do meu jeito vestir e andar ao modo de agir e falar, como também a minha relação com a fé e a intimidade com Deus têm influencia direta sua. As pessoas que hoje conheço, vivo e convivo como também a comunidade cristã que hoje faço parte: a Igreja Batista de Queimados – RJ tem influencia direta dela. Definitivamente ela elevou o nível e me fez conhecido, além de me transformar em uma pessoa infinitamente melhor do que era antes de a encontrar.

Por isso deixo aqui a minha homenagem póstuma na semana que completa 2 anos da sua partida.

Quero lhe incentivar nesse momento a lembrar de alguém que está ou passou por sua vida e mudou o curso da sua história e, com o coração grato, enviar esse artigo para ela como forma de lhe homenageá-la. Certamente essa pessoa se sentirá feliz e honrado com a sua lembrança.

Siga bem, em paz e feliz.

Lulinha Tavares é coach esportivo, formado em Educação Física, MBA-FGV/FIFA/CIES, especialista em Psicologia do Esporte, empresário, pastor e líder da Igreja Batista da Graça em Queimados (RJ)

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas