21.2 C
Vitória
quinta-feira, 4 junho, 2020

Israel: Emissora evangélica pode ser fechada por transmitir conteúdo cristão

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Comissão Europeia avança para disponibilizar € 11,5 bi para recuperação da crise

A Comissão Europeia aprovou nesta quarta-feira, 3, modificações em seu orçamento para 2020 para disponibilizar 11,5 bilhões de euros para a recuperação econômica já em 2020.

Vacina contra covid-19 desenvolvida em Oxford será testada no Brasil

A vacina contra a covid-19 que está sendo desenvolvida na Universidade de Oxford, no Reino Unido, será testada também no Brasil, conforme publicação no Diário Oficial da União.

CPI identifica 2 milhões de anúncios do governo em sites de ‘conteúdo inadequado’

Relatório produzido pela CPI das Fake News mostra que o governo federal investiu dinheiro público para vincular 2 milhões de anúncios publicitários em canais que apresentam "conteúdo inadequado".

Bolsonaro formaliza general Eduardo Pazuello como ministro interino da Saúde

O presidente Jair Bolsonaro formalizou no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (3) o nome do general Eduardo Pazuello para exercer, interinamente, o cargo de ministro de Estado da Saúde.

O ministro das Comunicação de Israel, invoca lei do país e promete não permitir o trabalho missionário da Shelanu TV

Uma emissora de TV evangélica está enfrentando dificuldades por utilizar o seu direito à liberdade religiosa, em Israel. Tendo como principal objetivo anunciar o nome de Jesus Cristo aos judeus, a empresa de comunicação está correndo o risco de ser fechada no país.

Se trata da God TV, que lançou em Israel o canal chamado Shelanu TV. O início da polêmica envolvendo o canal de comunicação foi quando o CEO da rede, Ward Simpson, apareceu em uma propaganda falando sobre o lançamento da nova produção.

Ward Simpson declarou que o objetivo da Shelanu TV é “levar o evangelho de Jesus às casas, vidas e corações do povo judeu”.

Isso foi suficiente para chamar atenção da HOT Cable, empresa que assinou o contrato de sete anos com a God TV para transmitir a sua programação em Israel.

Licença

Por anunciar o Evangelho de Cristo, a God TV pode ser acusada de violar uma licença de transmissão da Cable, que proíbe o “proselitismo” religioso na empresa.

“Nós nunca faríamos nenhuma dessas coisas. Isso nunca passou pela nossa cabeça”, declarou Ron Cantor, diretor regional de Israel da GOD TV. Ele concedeu uma entrevista para a CBN News, onde falou sobre os objetivos da emissora de forma mais ampla.

“O objetivo da Shelanu TV, que é uma parceria entre a GOD TV e a comunidade messiânica local, incluindo os cristãos árabes locais, é ter uma plataforma para os artistas e comunicadores judeus messiânicos expressarem seu ofício e compartilharem suas histórias de como eles vieram a crer que Yeshua é o Messias judeu”, disse ele.

Crença dos judeus

Judeus messiânicos são os que acreditam em Jesus Cristo como o verdadeiro Messias profetizado pelo Antigo Testamento. Neste caso, Cantor explicou que o canal Shelanu, portanto, visa dar espaço para a própria população.

Em seu site oficial a God TV deixou claro que apesar da resistência encontrada em Israel, não deixará de falar sobre Jesus Cristo no país.

“Por favor, continue conosco em oração para que nossa programação seja eficaz na mudança do estereótipo de Yeshua como inimigo do povo judeu e mostre a eles que Ele pertence a eles e é o Messias deles!”, diz a emissora.

Sobre a God TV

A GOD TV, uma rede internacional de mídia cristã que transmite em cerca de 200 países, e que agora passou a transmitir o canal Shelanu em língua hebraica na semana passada na rede a cabo HOT.

“Hoje fizemos história! Pela primeira vez na história, um canal de televisão messiânico está transmitindo o Evangelho por Israel na língua hebraica”, afirma um comunicado no site da GOD TV.

“Shelanu se traduz como ‘nosso’ em hebraico. Queremos que toda pessoa em Israel saiba não sobre um Messias estrangeiro, mas judeu! O nome dele é Yeshua e Ele não esqueceu o Seu povo”, declarou.

A Shelanu está sendo operado em parceria com a Tikkun International, com sede em Israel, que se descreve como “uma família global de ministérios, congregações e líderes, dedicada à restauração dupla de Israel e da Igreja”.

“Queremos que os espectadores judeus compreendam o fato de que Jesus é deles. Que ele não é estrangeiro, intruso ou impostor ”, disse Tikkun em um anúncio do novo canal em seu site. “Ele é o Messias judeu, nascido em Israel, criado como judeu.”

*Com informações de Times of Israel 

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro Sepal em nova data

A data do encontro Sepal, que aconteceria em maio foi alterada para setembro. Medida foi tomada de acordo com as práticas para o enfrentamento da propagação do coronavírus

Vila Mix em Casa Gospel com grandes nomes

Grandes nomes do meio evangélico do Brasil como André Valadão e Deive Leonardo vão participar do VillaMix em Casa Gospel. Evento será transmitido pelo youtube. Saiba mais!

“Carreata da solidariedade”, Marcha para Jesus em SP

Realizada pela organização da Marcha para Jesus, a ação foi batizada de “Carreata da Solidariedade” e será realizada no dia 13 de Junho

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Lições da Escola Bíblica em libras

Conteúdo está disponível no canal da CPAD no Youtube. Todos os vídeos com as aulas estão em libras

Luiz Gwyer lança single “Ânimo”

Canção integra um repertório produzido por Luiz Gwyer em 2013 O cantor e compositor Luiz Gwyer acaba de lançar o single “Ânimo” em todas as...

Não ao racismo! O silêncio da indústria da música

No Brasil, a maior gravadora do país, a Sony Music, aderiu ao movimento anti racista

“Amazing Grace” cantado por pessoas de 50 países

Clipe foi gravado em lugares simbólicos e em idioma próprio de cada país participante