24 C
Vitória
quarta-feira, 14 abril 2021

Em culto, Audifax reafirma compromisso com reconstrução de templo

Embaixo de muita chuva, aconteceu ontem (24/06) um culto organizado pela Missão Praia da Costa no local onde foi demolida a Congregação Batista de Solar de Anchieta, na Serra. O evento foi promovido com a preleção do pastor Lucinho, da Igreja Batista da Lagoinha, em solidariedade à comunidade.
O que para alguns seria tratado como uma ação de protesto contra a administração pública se tornou um culto de agradecimento e compromisso, onde o prefeito, Audifax Barcelos, que é membro da Igreja Batista há mais de 30 anos, comprometeu-se a apurar rigorosamente os fatos ocorridos quanto à demolição e ajudar pessoalmente na reconstrução do templo.
“Vamos apurar as responsabilidades dessa ação e como cidadão Audifax e como cristão vou apoiar a reconstrução do templo. Essa é uma vitória daqueles que amam a igreja do Senhor”, destacou.
O diretor-geral da Convenção Batista do Espírito Santo (CBES), pastor Diego Bravim, não pode comparecer ao evento, mas disse que o prefeito confirmou a todos os presentes aquilo que já havia sido acordado nas reuniões realizadas com a diretoria da entidade e a comunidade atingida.
“Ficamos muito felizes com a ratificação do prefeito Audifax do compromisso firmado com a congregação em contribuir pessoalmente com a reconstrução do templo em Solar de Anchieta, reafirmando tudo aquilo que negociou conosco nas reuniões”, acrescentou.

O presidente da Congregação de Solar de Anchieta, Wesley Binz de Oliveira, agradeceu o comparecimento do prefeito Audifax ao evento, o empenho para resolver a situação, e o apoio da Convenção Batista, da Associação Batista da Serra, das igrejas Missão Praia da Costa, Assembleia de Deus, entre outras igrejas que se mostraram solidárias.
“Os que não amam a Deus saíram derrotados nessa história. Solar de Anchieta já foi conhecido como inferninho. Pois bem, a igreja do Senhor avançou e as portas do inferninho não prevaleceram. O importante é que o povo de Deus se uniu ao prefeito em prol do Evangelho e o tempo do Senhor será reerguido”, finalizou.
Pastor Simonton Araújo, líder da Missão Praia da Costa, disse que o evento foi ainda mais vitorioso porque 20 pessoas aceitaram a Jesus durante o apelo. Para ele, o que era um culto de agradecimento a Deus por uma vitória também se tornou evangelístico. “O maior resultado de qualquer evento é quando alguém decide caminhar com Jesus. Almas valem mais do que tijolos. Foi uma celebração da capacidade de sermos irmãos e ajudarmos uns aos outros”, observou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se