back to top
28.8 C
Vitória
segunda-feira, 20 maio 2024

Eli Borges assume presidência da Frente Evangélica

O deputado federal Eli Borges (PL-TO) tomou posse, na última quarta-feira (7), da Frente Evangélica no Congresso Nacional. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados.

Ele tomou posse na última quarta-feira (7), no lugar de Silas Câmara (Republicanos-AM), que teve seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Amazonas

Por Cristiano Stefenoni

A Frente Evangélica no Congresso Nacional tem um novo presidente. O deputado federal Eli Borges (PL-TO) tomou posse na última quarta-feira (7), no lugar de Silas Câmara (Republicanos-AM), que em 31 de janeiro deste ano teve o seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Amazonas, por conta de gastos ilícitos na campanha eleitoral de 2022.

A bancada evangélica no Congresso é composta por 203 deputados e 26 senadores, de diferentes partidos, entre apoiadores e opositores ao governo, sendo um dos maiores colegiados do parlamento. Eli Borges é do Partido Liberal, oposição ao Governo e a mesma sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro.

O deputado também ficou conhecido por usar termos como “igrejafobia” e “bibliofobia”, para se referir a uma suposta “perseguição” sofrida pela igreja por parte de alguns setores da sociedade.

- Continua após a publicidade -

Em declaração à imprensa, o deputado disse que as prioridades da bancada neste ano serão a defesa da família nos moldes judaico patriarcal, que é o modelo da biologia, da ciência, em defesa da liberdade e no contexto da democracia, especialmente a religiosa, respeitando todas as religiões.

Uma das missões do novo presidente será tentar melhorar e ampliar as relações entre os evangélicos e o Governo, principalmente, após a Receita Federal ter suspendido o benefício da isenção tributária sobre o salários dos pastores.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -