25.8 C
Vitória
terça-feira, 25 janeiro 2022

Ecoteologia: uma resposta cristã à crise ambiental

crise ambiental
Foto: Repropdução

A crise ambiental é ecológica, econômica e social mas também é moral e espiritual. Tema está sendo difundido pela Associação de Cristãos na Ciência para ajudar igrejas a refletir sobre uma teologia ecológica

Por Priscilla Cerqueira

A preocupação com a crise climática tem ganhado cada vez mais espaço na sociedade. Porém, entre as igrejas evangélicas o assunto ainda é pouco explorado. Como o tema é urgente e precisa de atenção, a Associação Brasileira de Cristãos na Ciência (ABC2) está trabalhando numa série de materiais para ajudar a igreja a refletir em uma teologia ecológica, chamado de Ecoteologia.

Segundo o biólogo Tiago Pereira, o movimento da Ecoteologia busca fazer uma leitura da Bíblia que se engaje com o meio ambiente a partir de uma compreensão mais profunda da teologia da criação e com uma abordagem amparada pela fidelidade às Escrituras no desenvolvimento de uma ética cristã com desdobramentos evidentemente práticos.

“A ecoteologia é que irá nos informar sobre o chamado de todos os cristãos a cuidarem dos mais pobres e vulneráveis, tendo em vista que uma grande parcela da humanidade é impactada de forma desproporcional pela crise ambiental, pela poluição e pelas mudanças climáticas”, diz o artigo escrito pelo biólogo, que foi publicado no site da ABC2.

Fomentação do tema

A ABC2 reúne dados científicos, como o mais recente relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), comentários de importantes cientistas que confessam a fé evangélica e conceitos fundamentais da teologia cristã.

O esforço é uma tentativa de ajudar a igreja evangélica a entender a crise climática e como responder a ela de forma prática. Inclusive no próprio site da ABC2 há vários artigos, reflexões e vídeos com a temática Ecoteologia.

“Deus criou um mundo bom e ordenado. Mas a alienação de Deus levou a raça humana a perder a sua ligação com a natureza. A humanidade acionou o botão de autodestruição, arrasando o planeta que a sustenta. Assim, a crise ambiental é ecológica, econômica e social, mas também é moral e espiritual”, informa um dos artigos publicados no site da ABC2.

A missão cristã e o desafio da crise ambiental

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se