26.4 C
Vitória
segunda-feira, 17 maio 2021

E o profeta errou feio!

Mais Artigos

Quanta Insensibilidade

O que é fé Teocêntrica?

“…o amor de muitos esfriará”. Mt 24:12b(NTLH)

Por Erasmo Vieira

O profeta: Eu mesmo

A profecia: Dura este artigo

Estatus: Profecia errada

“O Ministério da Saúde informa que, deste dia em diante, o Brasil está livre da Pandemia do Coronavirus 19. Assim, todas as áreas estão liberadas a funcionarem regularmente, inclusive escolas e igrejas!”

Que maravilha! Vibrações para todos os cantos. Festas para todos os lados.

As igrejas poderão ter os cultos presenciais com todos os seus membros. Puxa, e como vai ser isso? Quantas pessoas estarão retornando regularmente para os cultos e eventos das igrejas? Quantos estarão deixando o conforto de “assistir” aos cultos de suas casas para se deslocarem para o templo? Quantos estarão encorajados para arregaçar as mangas e, como voluntários, voltarem às suas funções?

É aqui que a minha profecia entra. Com profunda preocupação. E o meu temor?

  1. Problemas com a Comunhão, porque nos acostumamos com o “Distanciamento Social”.
  2. Evangelismo apagado pelo temor da possibilidade de contágio.
  3. A Adoração abafada pelas máscaras continue abafada pela falta da alegria espiritual.
  4. O Discipulado prejudicado pela máxima do “Fique em Casa”.
  5. O Serviço cristão extinto pela dificuldade de usar as capacidades dadas por Deus E isso pela supervalorização do mundo digital, à distância, o que exige menos trabalho e esforço.

Isso me deixa sem sono, porque meu coração só tem lugar para o Reino. E por isso, no sofrimento de minha profecia, faço esta seguinte oração:

“Senhor Deus Todo-Poderoso, faça com que eu esteja completamente errado, como já estive em tantas vezes. Que nada dessa profecia se concretize. Que seja uma profecia “afônica”, deturpada pela limitação do ser humano. Que em vez disso o Senhor faça:

  1. Uma enxurrada de crentes nos cultos regulares das igrejas;
  2. Uma chuva pesada de discípulos frequentando seus Pequenos Grupos e Células;
  3. Um temporal de louvores e reconhecimento de que Tu és o nosso Deus, que Teu Filho é o nosso Salvador e que o Teu Espírito é o nosso Orientador.
  4. Um lago espiritual cheio de milhares que serão pescados para a salvação pelo sacrifício de Jesus na cruz, através de pescadores dedicados.
  5. Rios de água viva que purifiquem e matem a sede espiritual dos que desejam ser semelhantes a Jesus.

Senhor, eu não apenas te peço, eu CLAMO: que eu esteja redondamente enganado”.

“Por meio de Jesus Cristo, o nosso Senhor, louvemos o único Deus, o nosso Salvador, a quem pertencem a glória, a grandeza, o poder e a autoridade desde todos os tempos, agora e para sempre! Amém! Judas 25(NTLH)

Erasmo Vieira é psicólogo e pastor

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas