Drew Brees: “nós vivemos da fé, não do que vemos”

Foto: Kyusung Gong/AP

A declaração é do Jogador de futebol americano da NFL, Drew Brees, que foi criticado por incentivar crianças a levarem a Bíblia à escola

Drew Brees é um dos principais jogadores da temporada da NFL, do New Orleans Saints. Ele resolveu aderir a campanha do grupo evangélico Focus on the Family, dos EUA.

Ação pede que jovens levem a bíblia para a escola “compartilhem o amor de Deus com seus amigos”. Drew Brees chegou a gravar um vídeo para a página do Focus on the Family (“foco na família”).

Mas o jogador foi criticado pela atitude. As críticas a Drew Brees se deram porque o Focus on the Family é contra a união de pessoas do mesmo sexo. E se posiciona contrário à decisão da Suprema Corte que legalizou esse tipo de relacionamento no âmbito civil.
De acordo com informações do portal Torcedores, as opiniões nas redes sociais têm sido divididas, com muitos expressando satisfação por ver o atleta engajado em ações do grupo evangélico, e outros acusando-o de homofobia.

“Um dos meus versículos favoritos da Bíblia é II Coríntios 5:7. ‘Nós vivemos da fé, não do que vemos’. Então, eu encorajo você a viver a sua fé, levando a sua Bíblia no Dia da Escola, e dividir o amor de Deus com seus amigos. Você não está só!”, afirmou o atleta.

Nas redes sociais, a militância criticou o jogador por “possivelmente ser anti-LGBT”. Anos atrás, o jogador participou de uma campanha contra bullying, realizada pelo programa da apresentadora homossexual Ellen DeGeneres.

A iniciativa visava a conscientização sobre o bullying para evitar que casos de suicídio entre adolescentes, incluindo homossexuais, continuassem a ocorrer.


Leia mais

“Deus cuidou de mim”, testemunha jogador
O jogador que se apaixonou pelo evangelho