23.9 C
Vitória
segunda-feira, 27 setembro 2021

Doutores da Graça: o evangelho pregado com humor

O humor para pregar o evangelho através dos Doutores da Graça. Trata-se de um grupo de evangélicos que se dispõe a falar de Deus em hospitais, casas de acolhimento e projetos sociais

Doar pelo próximo é uma das características do cristão. Afinal, isso reflete o caráter de Jesus, que sacrificou a sua vida para salvar a humanidade dos seus pecados. É neste sentido que atua o grupo “Doutores da Graça”. Trata-se de um grupo de pessoas de uma igreja de Viamão, no Rio Grande do Sul, que usa o humor para pregar o evangelho.

Os Doutores da Graça são palhaços que levam alegria para crianças e idosos. E de uma forma descontraída e cômica, falam do amor de Jesus para as pessoas.

Em um contexto de crise pandêmica, onde muitas famílias foram afetadas pelo desemprego e também pela morte de parentes por conta da covid-19, o grupo fundado pelo pastor Noi Claus, líder da Igreja do Mover em Viamão, no Rio Grande do Sul, tem levado a esperança e alegria por onde passa.

“Doutores entende que mesmo nesse cenário de medo não podemos nos omitir e crer naquele que nos enviou. Entendemos que esse tempo é o tempo de invadir as rua com nome de Cristo”, disse Noi Claus.

Doutores da Graça

Ao longo de sua existência, o Doutores da Graça já alcançou mais de 150 mil leitos de hospitais, centenas de idosos em casas de acolhimento, toneladas de alimentos distribuídos e projetos sociais que abrangem todas as faixas etárias.

A ideia é levar o Evangelho de Cristo através das ações de acolhimento e cuidado ao próximo, como a doação de alimentos. Além disso, a Palavra de Deus é pregada com brincadeiras, ilustrações, e ainda tem tempo para dar lanches às crianças.

Para Noi, a aceitação do grupo pelo público infantil é uma conquista. “Marcante e saber que igreja nasce no meio da comunidade através dos cultos infantil”, concluiu.

*Com informações de Gospel Prime

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se