24.4 C
Vitória
segunda-feira, 15 agosto 2022

“Esconderijo”, um alerta sobre o abuso sexual infantil

Foto: Reprodução Youtube

Documentário “Esconderijo”, da Igreja Adventista, levanta o tema e destaca a importância da amizade no processo de recuperação

Por hora, 228 crianças são exploradas sexualmente em países da América Latina e do Caribe. Os dados são da Organização das Nações Unidas (ONU). O Brasil está em primeiro lugar nesse ranking e quem mais sofre são as meninas. “Esconderijo” é o novo documentário que traz conscientização sobre o assunto.

O documentário já está disponível na plataforma feliz7play. É uma produção da Igreja Adventista do Sétimo Dia nos EUA, com o apoio da Southern Adventist University. São quinze minutos de uma história emocionante de amizade e superação de uma garota.

“Esconderijo” conta a história da pequena Molly. Todo o seu brilho se apaga quando ela passa por um episódio de abuso. Mas com a ajuda de seu amigo, Sam, encontra forças para buscar ajuda.

Quebrando o silêncio

O abuso sexual na infância vem sendo discutido em algumas igrejas do país. A Igreja Adventista realiza uma ampla, através do “Quebrando o Silêncio”. O projeto existe há 12 anos. Está presente em países como Brasil, Chile, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Equador.

Campanha tem o objetivo de ajudar a diminuir a violência doméstica praticada contra mulheres, crianças e idosos. Entre as ações estão a distribuição de materiais educativos e conscientização em escolas, igrejas e órgãos públicos.

Assista

*Com informações de Notícias Adventistas


leia mais

Violênca sexual em crianças
Abuso sexual infantil é uma invação de limites
Duas em cada cinco crianças sofreram abuso sexual

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se