24.3 C
Vitória
segunda-feira, 21 setembro 2020

Posso dar uma destinação social ao meu dízimo que não seja a igreja?

Leia também

Anvisa autoriza que Pfizer dobre número de voluntários em testes para vacina

O laboratório informou que vai expandir o número de participantes do estudo para a vacina, chegando a cerca de 44 mil participantes

Fumaça do Pantanal que chega a SP pode agravar casos de doenças respiratórias

Outra recomendação que Cardenuto indica é a de evitar aglomerações, uma medida que já deveria ser cumprida em função do novo coronavírus

Lava Jato denuncia Cabral e Bezerra por propinas em contratos do DER

Segundo a peça, registros contábeis apreendidos com o operador de Cabral na Calicute mostram que Maciste efetuou, entre 2011 e 2017

“O dízimo não é nosso. Ele é parte daquilo que Deus nos tem dado”

Desde a primeira menção ao dízimo, em Gn 14.20, texto em que o termo literal é “décima parte” e não “dízimo”, a prática de dedicar a Deus parte de nosso rendimento é uma ação de cunho comunitário e social.

A legislação mosaica é clara a esse respeito, assim como os demais textos do Antigo Testamento. Os dízimos deveriam ser entregues aos levitas para seu sustento (Nm 18.21, 24), visto que eram os responsáveis inicialmente pelo Tabernáculo e em seguida pelo Templo em Jerusalém. Por não possuírem terras para cultivar ou para criar gado para sua manutenção, era necessário que as demais tribos os sustentassem.

Os dízimos deveriam ser levados ao “lugar que o Senhor escolher” (Dt 14.23). É bom lembrar que geralmente o dízimo era dado em frutos da terra. Se o povo estivesse muito distante do Templo, deveria vender o equivalente aos dez por cento e entregar os valores aos sacerdotes (Dt 14.24-25). Os profetas confirmam a orientação mosaica exortando o povo a trazer “todos os dízimos à casa do Tesouro” (Ml 3.10).

O Novo Testamento, cuja ênfase está no recolhimento de ofertas, também destaca seu caráter comunitário e social. Paulo recolhe ofertas das igrejas da Galácia e da Macedônia em prol dos pobres da igreja de Jerusalém (Rm 15.25-26; 1 Co 16.1-4; 2 Co cps. 8-9). Os cristãos deveriam separar o dinheiro para entregá-lo a Paulo a fim de que socorresse os irmãos necessitados.

As colocações acima permitem algumas conclusões:

O dízimo não é nosso. Ele é parte daquilo que Deus nos tem dado. Nós somente devolvemos a ele. Portanto, não temos liberdade para administrar esses valores.

O dízimo deve ser entregue em nossas igrejas, naquelas comunidades em que estamos inseridos servindo a Deus. Esse é seu caráter comunitário. Cada um de nós representa uma parte de um todo que é arrecadado e que permite determinadas ações.

Por fim, há um compromisso com Deus por parte daqueles que administram os valores recolhidos. Esse é o caráter social do dízimo. Assim como ele supria levitas que não possuíam terras e cristãos necessitados durante o primeiro século d.C., hoje, igualmente, deve haver sensibilidade para que as necessidades daqueles que compõem a igreja sejam atendidas por meio dos dízimos.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Estou livre para me casar novamente?

Pergunta anônima O padrão divino para o casamento é, segundo as palavras de Jesus, que seja indissolúvel (Mc 10:9). Entretanto, no caso em tela, uma...

Após 50 anos, pastor Charles Stanley deixa o cargo

Antigo pregador da Primeira Igreja Batista de Atlanta, nos EUA, pastor Charles Stanley, 87 anos, se aposentou do cargo que atuou por 50 anos. Saiba mais!

Dívidas igrejas e templos! Bolsonaro veta perdão

Texto do projeto de lei foi aprovado com vetos e foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda (14/9). Saiba mais!

A igreja deve se posicionar sobre as eleições?

A FAVOR Se a natureza institucional da igreja tem correlação direta com o exercício da cidadania, pois a mesma se constitui de cidadãos, parece-nos razoável...

Igreja no combate a incêndios no Pantanal

Mais de duas toneladas de alimentos arrecadados já foram distribuídas para as famílias que moram na região atingida pelo incêndio no Pantanal. Saiba mais!

Igreja omissa, incompetente e conivente

A conivência emerge exatamente de a igreja conviver com casos reais de violência doméstica, em sua grande maioria cometida contra mulheres

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!

Encontro nacional Renas: “Ser criança em tempos de incerteza”

É a 13ª edição do Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas). Evento, que acontece em outubro, será online. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Vídeos sobre a Bíblia alcançam 1 milhão de pessoas no Tik Tok

Produzidos por Jey Reis, 17 anos, os vídeos diários, que são publicados no Tik Tok, falam sobre Jesus. Saiba mais! !

“Inesquecível”: a história da professora que morreu para salvar crianças

Filme vai contar a história da professora Heley de Abreu, que deu avida para proteger crianças de um incêndio, em Janaúba (MG). Saiba maiws!

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...

Ajude um cego a ler a Bíblia e ter a vida transformada

A iniciativa quer distribuir a Bíblia para cegos em todo o Brasil e promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Saiba mais!