23 C
Vitória
segunda-feira, 1 março 2021

Sem discipulado a igreja não sobreviveria no Norte da África

O discipulado no Norte da África é oferecido desde 2011 e quase metade das igrejas locais o utilizam. Pastor Kabil coordena um projeto que treina instrutores para cursos de discipulado e conta com cerca de 350 pessoas

Você já imaginou como a igreja cresce? Um dos elementos principais é o discipulado: ensinar a novos cristãos o que significa ser um seguidor de Jesus, não apenas em palavras, mas também pelo exemplo. Isso também é realidade em países no Norte da África. A como a Líbia, que está no Top 10 da Lista Mundial de Perseguição 2020.

“Você deve fazer uma escolha: nós ou Jesus. Você quer sua família ou sua nova fé?” Kabil não precisou pensar muito quando foi confrontado com essa escolha há 10 anos. Ele obedeceu a uma missão dada por Deus: treinar instrutores que discipulam pessoas no Norte da África.

Kabil é um norte-africano que dedica a vida para treinar pessoas. Ele criou uma rede de instrutores que atualmente tem cerca de 350 pessoas. Pouco depois da conversão, Kabil recebeu a função de professor de estudo bíblico na igreja. “Minha vida é totalmente dedicada ao Senhor, especialmente ao treinamento de discipulado”, declara o cristão.

Cristão ex-muçulmano, se converteu em 2004, e sabe da importância de um bom treinamento de discipulado. “Em 2008 e 2009, grandes problemas começaram e eu tive que escolher entre minha família e Jesus. Aquela foi realmente uma decisão difícil. Eu decidi seguir ao Senhor e abrir mão da minha família. Eu ainda não tenho contato com minha mãe e tenho pouco contato com meus irmãos e irmãs”, revela Kabil.

Sobrevivência da Igreja 

Há alguns anos, pessoas que se converteram repentinamente pararam de ir à igreja. A liderança local discutiu a questão e entendeu que faltava treinamento de discipulado. “Percebemos que, depois que a pessoa era batizada, não voltava para a igreja. Com o tempo, alguns cristãos também não estavam estáveis na fé. Queríamos oferecer um serviço de qualidade, por isso precisamos organizar treinamento para fazer com que a igreja sobrevivesse com o tempo”, explicou.

“Após começar a oferecer o curso, percebemos mudanças entre os irmãos. Vimos que permaneciam na igreja e que estavam progredindo bastante em termos de relacionamento uns com os outros. Testemunhamos muitas mudanças positivas no nível espiritual e na prática também”, completou.

“Eu acho que se o discipulado não existisse, a igreja não sobreviveria com o tempo”, conclui o pastor. “Não queremos repetir o mesmo erro da antiga igreja primitiva no Norte da África. Durante os séculos 1 e 2, fomos a fortaleza do evangelho, mas a noção de ensinar a fé e treinar discípulos foi negligenciada. Essa é a missão da igreja, construir pessoas ao invés de prédios”, explica.

Kabil está muito animado com o curso. “Descobri muitas coisas e minha vida mudou. Antes disso, houve momentos em que quis deixar a Cristo por ver problemas na liderança e nas pessoas em geral. Desde que começamos o programa, pessoas mudaram. Deus as transformou e agora elas também são responsáveis. Estou motivado porque vejo o agir de Deus por meio delas”, compartilha.

O Poder do Discipulado 

Pessoas que fizeram o curso, agora são pastores. Pessoas isoladas, tímidas, que eram rejeitadas, agora floresceram. Kabil não apenas ensina, mas também encoraja os cristãos a prosseguir.

O curso de discipulado é oferecido na região desde 2011 e quase metade de todas as igrejas usam o programa. Todas têm seus próprios instrutores, que, atualmente, chegam a 350 na região. O conteúdo do curso é dividido em três partes. O primeiro ensina os princípios básicos de ser discípulo. O segundo é sobre ser discípulo na igreja e o terceiro sobre servir na igreja e sociedade.

Os líderes da igreja local estão no comando das aulas. “Ensinar, comunicar e ver pessoas crescendo na fé é o que me motiva. Estou aqui hoje porque amo fazer isso, amo ajudar pessoas e vê-las florescer”, conta.

No início, Kabil treinava os membros da igreja, depois, passou a focar no treinamento de instrutores. “Eu ia a diversas igrejas e casas e toda vez tinha muitos grupos. Eu não podia suprir todas as necessidades. Deus me mostrou que eu deveria treinar instrutores para cada grupo. Ele me mostrou a quem poderia confiar a missão. Essas pessoas ensinam atualmente e desenvolvem o programa em suas próprias igrejas”, explica.

Kabil espera mudanças que sejam positivas para a igreja. “Eu diria que a sociedade pode mudar a opinião sobre a igreja e que isso depende de nós. Depende de nosso comportamento, habilidade de mudar e qualidade de vida. Isso é capaz de influenciar a sociedade”, afirma.

O Norte da África está mudando desde que a Primavera Árabe se tornou manchete, em 2010. A onda de manifestações e protestos ocorreram no Oriente Médio e Norte da África para comunicar a comunidade internacional sobre as tentativas de repressão e censura na Internet por partes dos Estados.

*Com informações de Portas Abertas 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Em que mundo nós vivemos?

Numa sociedade que valoriza o material, o presente e a razão, somos desafiados a viver por fé, a crer no inacreditável. Afinal, vivemos num...

Justiça determina que AM use dinheiro de fundo de turismo para comprar vacinas

Hoje com cerca de R$ 150 milhões em caixa, para comprar vacinas contra a covid-19 Por Liege Albuquerque, especial para o Estadão (AE) A juíza federal...

Rio se mantém em ‘risco alto’ e já confirmou 7 casos de covid-19 com novas cepas

De acordo com a Prefeitura, os novos casos da variante P1 foram identificados em um homem de 54 anos, que residia no centro e...

Adiamento da votação da ‘PEC da Blindagem’ é considerada derrota para Lira

Aliados de Lira avaliam que o melhor momento para votar a PEC era nesta semana Por Felipe Frazão (AE) O adiamento para esta sexta-feira, 26, da...

Justiça aceita denúncia e Boulos vira réu por invasão do triplex no Guarujá

Boulos virou réu em processo por possível violação ao artigo 346 do Código Penal Por Rayssa Motta (AE) A Justiça Federal em São Paulo aceitou a...

Fux acolhe pedido da CNBB e recomenda a juízes ‘especial cautela’ em desocupações

A decisão acolhe um pedido apresentado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que integra o Observatório dos Direitos Humanos do Poder Judiciário Por...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Natthália Gonçalves e sua admiração pelas histórias bíblicas

A atriz mirim, Natthália Gonçalves interpreta a personagem Chaya, na novela Gênesis, que é exibida pela TV Record

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!