25.5 C
Vitória
terça-feira, 25 janeiro 2022

5 dicas para administrar a igreja com transparência

comunhão_administrar igreja
Foto: Reprodução

Para ter uma boa administração, é necessário que os líderes da igreja tenham conhecimentos sobre legislação, finanças e gestão de pessoas

Por Priscilla Cerqueira

Administrar uma igreja não é uma tarefa das mais simples, mas é algo gratificante, por se tratar do cuidado com o Reino de Deus. Para ter uma boa administração, é necessário que os líderes da igreja tenham conhecimentos, ainda que básicos, sobre alguns assuntos como a legislação que envolve igrejas, finanças e também gestão de pessoas.

Confira as dicas de como administrar uma igreja com transparência e eficiência.

1 – Planejamento Estratégico

Ter um planejamento estratégico faz com que a igreja saiba onde está, onde quer ir e como quer chegar. Igrejas bem administradas têm estratégias e valores muito bem definidos, não somente com sua liderança, mas também com seus membros.

2 – Divida as tarefas

É importante que invista tempo e recursos no treinamento de líderes, para que se tenha uma liderança capaz e descentralizada. Se você capacita os seus líderes, certamente terá os serviços de sua igreja sendo desenvolvidos de forma eficiente.

3 – Mantenha tudo de forma legalizada

Muitos líderes ainda não entenderam a importância de se ter uma igreja legalizada e isso nem sempre é uma prioridade para os dirigentes. Mas ter uma igreja que esteja andando totalmente em conformidade com a lei, traz mais credibilidade, juntos aos membros e a sociedade em geral. Busque ajuda profissional, tenha um contador.

4 – Seja organizado financeiramente

É importante que pastores e líderes façam reuniões periódicas para saberem como está o andamento das atividades da igreja e também das suas finanças. Seja transparente com os seus membros, principalmente quando apresentar o livro caixa. Mostre a eles onde estão sendo investidos os recursos arrecadados com dízimos e ofertas.

Tenha um planejamento financeiro, não gaste mais que arrecada. Faça uma projeção de investimentos futuros e corte custos dispensáveis. Apresente para seus membros a situação financeira 2 ou 3 vezes por ano.

5 – Utilize um sistema de gestão

Ter um sistema de gestão de igreja ajuda sua igreja a manter a contabilidade em dia, sem contar no controle de membros, grupos, classes, dentre todas as outras atividades. A utilização de softwares especializados facilitam a gestão, dando mais organização e traz informações que ajudam na tomada de decisão, seja ela pessoal ou financeira.

Com informações de Controlook

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se