Solidariedade no Dia Mundial do Jovem Adventista

Pelo sexto ano consecutivo, milhares de jovens sairão às ruas fazendo ações sociais

O Dia Mundial do Jovem Adventista é um programa global da Igreja Adventista do Sétimo Dia que estimula os participantes a ser os pés e as mãos de Jesus no serviço aos outros.

Pelo sexto ano consecutivo, milhares de jovens adventistas sairão às ruas neste sábado (17), para realizar diferentes projetos de auxílio às suas comunidades. Em 2013, na primeira edição da iniciativa, foram realizados 52 projetos em 21 países. Já em 2017, o número saltou para 16.601 em 124 nações.

Neste ano, a ênfase principal estará em ações que levem comida e água às pessoas, conectando o princípio bíblico de que Jesus é a água e o pão da vida. De acordo com cada região, as atividades podem variar, como haver campanha de doação de sangue.

“Nosso desejo é que todos os jovens adventistas estejam envolvidos nesse projeto. Esse programa tem sido um marco histórico na vida de muitos deles. Eles sempre tiveram como objetivo salvar do pecado e guiar no serviço, mas o Dia Mundial deu uma identidade de uma Igreja de portas para fora, uma Igreja que sai das quatro paredes e estende os braços para servir”, sublinha o pastor Carlos Campitelli, diretor do Ministério Jovem da Igreja Adventista para oito países sul-americanos.

Jovens oram com a comunidade
Ações em tempo real

Como nos anos anteriores, na página oficial do projeto (globalyouthday.org) haverá uma transmissão ao vivo, durante 24 horas, que mostrará as ações dos participantes em todo o mundo. Ela poderá ser acompanhada a partir da 0h (horário de Brasília) do dia 17 de março.

Já a partir das 20h (horário de Brasília), será possível assistir à participação sul-americana, que trará as principais ações realizadas ao longo do dia nos oito países da América do Sul. O conteúdo estará disponível no site http://adv.st/mundialja e nas redes oficiais da Igreja Adventista no Facebook e Youtube.

Espírito Santo

No estado do Espírito Santo, mais de 10 mil jovens estarão envolvidos em mobilizações. Na feira orgânica de Jardim da Penha, por exemplo, a “Barraca das Gentilezas” será montada e trocará frutas por demonstrações de amor, perdão e solidariedade.  A ação acontece das 7h30 às 8h30.

Se a pessoa quiser levar uma maçã é preciso pagar com amor, ligando para alguém de sua lista de contatos e fazendo uma declaração. Para levar uma banana é preciso pagar com perdão, ligando para alguém e se desculpando por algo. Já para pagar com solidariedade e levar ameixas ou peras, a pessoa precisará ligar e doar algo pessoal à alguém. Os jovens também estarão com cartazes de “abraços grátis” para promover a barraca.

Em frente ao Terminal de ônibus de Carapina, na Serra, jovens adventistas entregarão 100 kits lanche (pão, suco e uma fruta) para quem estiver indo trabalhar. A mobilização acontecerá a partir das 7h30. Já os jovens adventistas de Jardim Camburi estarão, a partir das 14h, na praça do bairro, com uma tenda para orientações sobre saúde, aferição de pressão e glicose, além de momento de oração com os moradores.