A despedida de Reul Bernardino dos Gideões Missionários

Foto: Reprodução

O pastor, que renunciou ao cargo de presidência da instituição dia 19 de dezembro, participou do culto, justificou a desistência do cargo e ainda pediu perdão.

Pela primeira vez desde que renunciou aos cargos de presidente dos Gideões Missionários de Última Hora e da Assembleia de Deus de Camboriú, em Santa Cantarina, o pastor Reuel Bernardino falou publicamente sobre o assunto.

Ele fez um breve discurso ao final do culto no templo da Assembleia de Deus em Camboriú, em que liderou, na noite desta quinta (27), durante a posse do novo presidente da instituição, o pastor Zilmar Miguel.

Reuel deixou clarou que não estava ali para usar o púlpito para uma “sessão de descarrego“. Fez questão de mostrar que sempre foi fiel ao seu pai, o pastor Cesino Bernardino, ex presidente dos Gideões. E que nunca deixou de honrá-lo. Além disso, pediu perdão aos membros da igreja por não ter agradado a todos, mesmo que tenha se esforçado para isso.

“Se tiver alguém aqui que tiver algo contra o pastor Reuel, eu estou pedindo perdão. E eu libero perdão!“, declarou.

Ele justificou sua renúncia por motivo de saúde. Revelou que durante viagem missionária ao Amazonas com a família, enfrentou momentos difíceis. “Eu sei que eu passei mal de verdade. Para uma pessoa chegar a ficar deitada no chão de um aeroporto e ninguém conseguir acordar“, detalhou o pastor.

Ele também relatou sobre uma queda de um hotel durante a mesma viagem. “Uma pessoa desmaiar dentro de um hotel em Manaus e cair de uma altura de três metros. Só Deus me guardou porque eu dei com tudo no chão“, revelou.

E concluiu: “Eu amo todos vocês e para pisar em cima da cabeça do cão, não pense Satanás que o pastor Reuel tá se rebelando contra a igreja ou contra a convenção. Não! eu tenho uma alma e quero morar no céu. Vou continuar sendo crente, fiel a Deus, servindo a Jesus”.

Homenagem e posse

Além de ter sido o evento de jubilação e despedida do pastor Reuel Bernardino, o culto foi para empossar os novos líderes da Assembleia de Deus de Camboriú e dos Gideões Missionários, o pastor Zilmar Miguel e sua esposa Missionária Inês.

A celebração teve a presença de muitos líderes de várias partes do país. Foi marcado por homenagens aos pastores. E foi oficializada a transição da liderança da Igreja e dos Gideões.

Veja o vídeo


Leia mais

Capital de Tocantins será uma das maiores extensões do Gideões Missionários