Nova descoberta em Israel – Mosaico samaritano

Foto: Cafetorah

Monumento tem inscrição em grego e pede a bênção de Deus: “Este é o segundo lugar descoberto em Israel com uma inscrição de bênção associada aos samaritanos”, revela arqueólogo.

“Somente Deus ajude a bela propriedade do mestre Adios, amém”. É o que diz o texto escrito em grego do mosaico com 2,5 metros de comprimento e 1 metro de altura, na região de Samaria, em Israel.

“Este é o segundo lugar descoberto em Israel com uma inscrição de bênção associada aos samaritanos. O primeiro foi descoberto alguns anos atrás em Apollonia, perto de Herzliya “, comemora o Dr. Hagit Torge, diretor das escavações que trabalha para a Autoridade de Antiguidades de Israel.

A descoberta dos arqueólogos foi numa propriedade de 1.600 anos de um rico homem samaritano, em Zur Natan, na planície sul de Sharon. Os pesquisadores acreditam que tenha sido parte de um extenso assentamento samaritano na área, quando a comunidade na Terra Santa estava no auge.

O monumento encontrado é mais uma prova de que os samaritanos tinham uma comunidade próspera no sul da planície de Sharon, durante a era bizantina. Existem poucas informações arqueológicas sobre os samaritanos, que hoje são uma minoria no território governado pela Autoridade Palestina.

Origem

Os samaritanos originaram-se dos antigos hebreus. O Novo Testamento detalha vários relatos de Jesus interagindo com os samaritanos. Em Lucas 17, Jesus cura dez leprosos e o único que agradeceu foi um samaritano.

Jesus também encontrou uma mulher samaritana adúltera em João 4. Ele disse a ela que era o Messias e muitos samaritanos em sua área se tornam seguidores de Jesus.

*Com informações de Cafetorah


Leia mais

Projeto vai “ressuscitar” o Mar Morto
Fragmento de manuscrito do Mar morto é decodificado
Projeto pretende unir e decifrar fragmentos dos Manuscritos do Mar Morto

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!