back to top
20.9 C
Vitória
quinta-feira, 30 maio 2024

Deputada finlandesa será julgada por criticar Igreja Luterana

Deputada cristã será julgada pela 3ª vez por criticar Igreja Luterana. Foto: Reprodução.

Polêmica começou quando liderança da Igreja no país apoiou o mês do orgulho LGBT

Por Gustavo Costa

A deputada finlandesa Päivi Räsänen será mais uma vez julgada por criticar, por meio de um tweet de versículos bíblicos, a Igreja Luterana Finlandesa há 5 anos. Será o terceiro julgamento da parlamentar, que criticou a postura da Igreja ao promover “mês do orgulho LGBT”.

A Igreja Evangélica Luterana da Finlândia está ativamente envolvida em relações ecumênicas, o que causa muita polêmica com os cristãos tradicionais. Räsänen, que liderou o Partido Democrata Cristão de 2004 a 2015, foi absolvida nas duas vezes anteriores das acusações de crimes de ódio.

Ela começou a ser investigada em 2019, ao postar uma foto do livro de Romanos e questionar como a Igreja Luterana Finlandesa poderia concordar com a apresentação de “vergonha e pecado” como “uma questão de orgulho”.

- Continua após a publicidade -

A polícia também encontrou um panfleto de 2004, intitulado “Homem e Mulher Ele os Criou: As relações homossexuais desafiam o conceito cristão de humanidade”, enviado pela deputada a Juhana Pohjola, bispa da Diocese da Missão Evangélica Luterana. Räsänen afirma que continuará lutando pela liberdade de expressão e de religião.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -