25.7 C
Vitória

Decotelli sobre sua saída do governo: “Me sinto destruído”

Leia também

Gilmar Mendes: ‘Se tivesse havido maior coordenação, teríamos muito menos mortes’

Ele lembrou ainda o impacto da realidade sanitária e da desigualdade social do País no agravamento da crise

Força-tarefa da Postalis e PF miram lavagem e fazem busca no RJ atrás de R$ 45 milhões

Ao todo os agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro

Para delegado, abordagem de PMs a cliente negro foi ‘inadequada e truculenta’

Segundo a administração do shopping, ambos trabalhavam para uma "empresa de consultoria de segurança", que foi afastada

Em uma entrevista concedida à Uol, o ex-ministro Carlos Decotelli afirmou que o racismo influenciou na sua demissão do Ministério da Educação

O ex-ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, abriu o jogo sobre sua saída do governo. Em uma entrevista ao UOL, ele disse que o racismo foi um fator determinante na sua demissão após processo de desgaste junto ao presidente Bolsonaro e aos militares. ”Há muitos brancos com imperfeições em currículo trabalhando sem incomodar ninguém”.

Evangélico, Decotelli foi nomeado ministro na semana passada. Mas pouco tempo à frente da pasta decidiu se demitir por conta da forte pressão que recebeu por ter fraudado informações acadêmicas e profissionais em seu currículo.

O ex-ministro foi desmentido por universidades da Argentina e da Alemanha sobre os seus títulos de doutor e pós-doutor respectivamente, Além de ter sido acusado de plagiar sua tese de mestrado apresentada à FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Racismo

Nas redes sociais houve um debate sobre se o fato de Decotelli ser negro influenciou na pressão de que foi alvo por conta das fraudes. Usuários lembraram que outros dois ministros do governo Bolsonaro, Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos e Ricarod Salles do Meio Ambiente, também foram expostos por erros nos currículos. Mas eles permaneceram no cargo e não sofreram tantos ataques.

Na entrevista, Decotelli afirma ter sido alvo de boicote da FGV por “interesses obscuros, não declarados, na intenção de apoiar outro ministro a ser indicado”. A universidade informou que o ex-ministro nunca foi professor da instituição. E passaram a circular nas redes fotos de homenagens da instituição a Decotelli em que o chamam de “professor”.

Decotelli ministrou a última aula pela instituição, na disciplina de Administração de Recursos de Longo Prazo no MBA de Finanças, na noite do dia 30 de junho. “Me sinto destruído e massacrado na minha integridade como professor”, disse o ex-ministro.

Decotelli diz ter pedido o seu desligamento da instituição no dia 30 de junho. Ele também enviou à reportagem fotos de prêmios que recebeu por suas atividades na FGV. Todos se referem a ele como “professor” e datam de 2011 a 2016.

Nota da FGV

Em nota, a instituição declarou que Decotelli atuou “apenas nos cursos de educação continuada, como professor colaborador”. “Como tal, deu aula ontem, o que corrobora as informações prestadas, repita-se, de que atuava como professor nos cursos de educação continuada”.

A fundação declarou ainda que irá apurar, por meio de uma comissão específica, todas as denúncias que dizem respeito a um eventual plágio na dissertação de mestrado apresentada pelo ex-ministro. Decotelli nega ter cometido plágio, mas disse que revisará o trabalho “por respeito ao direito intelectual dos autores e pesquisadores citados”.

*Com informações de Uol

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Plugue-se

Baltazar, o atacante brasileiro “artilheiro de Deus”

Conhecido como Baltazar, o "artilheiro de Deus", foi destaque na década de 80, atuando pelo Grêmio de Porto Alegre e hoje, aos 61 anos é pastor e empresário. Conheça essa história!

“Entre a vingança e o perdão”: superando as dificuldades

Deus e perdoa, e você? Embarque nessa viagem sobre superação e perdão com “Entre a vingança e o perdão” 

‘Fala, Pai’: podcast especial para homens

O "Fala, pai" apresenta  31 reflexões, com cerca de três minutos voltadas para os homens. Saiba mais!

Dia dos Pais: aqueça os corações com um bom filme

O Dia dos Pais é celebrado neste domingo, 9, mas que tal aproveitar o fim de semana para aquecer o coração com um filme especial?