30.3 C
Vitória
domingo, 17 janeiro 2021

Dasa se juntará à Covaxx para testes da vacina contra covid-19 no Brasil

As primeiras 10 milhões de doses serão direcionadas a redes particulares, mas a rede pública brasileira tem 15 milhões de doses garantidas

Por Matheus Piovesana (AE)

A Dasa e a Covaxx, uma divisão da americana United Biomedical que tem trabalhado em uma eventual vacina contra a covid-19, se juntarão em testes das fases II e III da vacina desenvolvida pela Covaxx no Brasil. Além disso, a empresa brasileira doará R$ 15 milhões ao desenvolvimento da imunização. Os anúncios foram feitos nesta quarta-feira, 9, em coletiva de imprensa virtual feita pela companhia brasileira.

De acordo com a Covaxx, a vacina é feita de peptídeos sintéticos de precisão, enquanto a da AstraZeneca é produzida a partir de um adenovírus extraído de chimpanzés, e imunizações como as da Moderna e da Pfizer em parceria com a BioNTech são produzidas a partir do mRNA do coronavírus. Os dados fornecidos pela companhia também afirmam que os anticorpos neutralizadores produzidos pela vacina estão acima de 32 mil.

Peter Diamandis, cofundador e vice-presidente do conselho da Covaxx, afirmou que um dos pontos mais importantes é que a vacina tem escala de produção à altura das necessidades de imunização da população. “A Covaxx usa a mesma plataforma que produz 5 bilhões de doses de vacinas para doenças em animais. Ela pode produzir vacinas em larga escala”, afirmou.

De acordo com a Dasa e a Covaxx, as primeiras 10 milhões de doses serão direcionadas a redes particulares, mas a rede pública brasileira tem 15 milhões de doses garantidas. “Temos discutido sobre o desafio que temos com a covid-19”, disse o diretor médico executivo da Dasa, Emerson Gasparetto. Ele afirmou ainda que além da doação da Dasa, MRV, Localiza e Banco Inter doarão, juntos, R$ 15 milhões para a vacina, totalizando R$ 30 milhões em recursos.

Recrutamento

Dasa e Covaxx esperam começar a recrutar voluntários para a fase II dos testes da vacina desenvolvida pela companhia americana até o final do ano. Segundo o diretor médico de análises clínicas da Dasa, Gustavo Campana, o recrutamento começará após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar os resultados da fase I de testes da vacina, que está em andamento em Taiwan, na Ásia.

“Após o final da fase I, que está acontecendo agora em Taiwan, vamos submeter os resultados à Anvisa, e começaremos a recrutar os pacientes”, disse Campana na coletiva de imprensa virtual promovida pelas duas companhias. O foco da Dasa é iniciar os testes da fase II no Brasil com ao menos 2 mil pessoas.

De acordo com Campana, o recrutamento será feito utilizando a base de dados dos pacientes da Dasa, que ele considera um dos principais atributos competitivos da vertical de testes clínicos da companhia. A visão do executivo é de que essa base deve permitir um recrutamento mais rápido. “Este cenário de pandemia acelerou as aprovações regulatórias”, disse.

O executivo comentou que os resultados dos testes clínicos realizados até o momento têm sido “animadores”. Ele afirmou que os testes serão feitos durante 12 meses, para medir a resposta imunológica.

Resultados

Os resultados dos primeiros testes clínicos da vacina ainda não foram publicados em revistas científicas, mas isso deve acontecer em breve. A afirmação é da cofundadora e coCEO da Covaxx, Mei Mei Hu, que disse que a empresa está agregando mais estudos aos resultados antes da publicação.

“Apresentamos nossos resultados em conferências, e estamos preparando um manuscrito (para a publicação)”, disse ela na entrevista coletiva virtual. “Os manuscritos terão a inclusão de alguns estudos que estamos fazendo, e vamos publicá-los em breve ”

De acordo com ela, os resultados obtidos até o momento, nos testes de fase I – que segundo as empresas, estão sendo realizados em Taiwan – houve uma “resposta ampla” do sistema imunológico dos pacientes. A vacina, de acordo a Covaxx, é baseada em peptídeos, em uma plataforma que a empresa afirma que possibilita a produção em larga escala da imunização.

Segundo Mei Mei, há um “número” relevante de vacinas comerciais que utilizam tecnologias semelhantes, a maior parte delas utilizada na medicina veterinária. Em doenças que atingem a seres humanos, a executiva afirmou que um exemplo é uma vacina contra o mal da Alzheimer, que segundo ela, está chegando à fase II dos testes.

“É uma tecnologia que temos utilizado por anos, para produzir bilhões e bilhões de doses. É claro que é em aplicações veterinárias, mas fizemos vários testes em humanos ao longo dos anos”, declarou. “Não há quase nenhuma reação até o momento, e não deveria haver.”

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Sobreviventes do Holocausto serão vacinados contra covid-19

Vacinas serão fornecidas por Israel. Os sobreviventes do Holocausto vão receber equipes médicas e voluntários em sua casa. Saiba mais!

Manaus vai transferir 235 pacientes com covid-19 para 7 estados e DF

O transporte será feito em parceria com o Ministério da Defesa por duas aeronaves da Força Aérea Brasileira com capacidade de 25 pacientes

Itamaraty: Índia tem ‘boa vontade’ para liberar vacina

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava, disse que é "muito cedo" para falar sobre exportação de vacinas para outros países

Manaus, a capital brasileira a beira do colapso

A média móvel de mortes no estado cresceu 183% nos últimos sete dias. O envio de oxigênio ao estado não está sendo suficiente para suprir a demanda, e o governo está transferindo pacientes a outros estados. Saiba mais!

Brasil: Vacinação começa na quarta-feira, 20

Início da campanha depende de aprovação das vacinas por parte da Anvisa em evento que ocorre domingo. Saiba mais!

Avião que buscará vacinas na Índia parte amanhã à noite do Recife

Ao chegar ao país, a vacina ainda precisa aguardar o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que as doses comecem a ser aplicadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

“A Deus seja a glória”, Nani Azevedo sai do hospital

Internado há vários dias por complicações de covid-19, o cantor Nani Azevedo recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira, 15.

“Abandono” é o novo single da Banda Catedral

Canção inédita é uma crítica social 

Morre o pai da cantora Cassiane

O anúncio de sua morte foi feito pelas redes sociais de Cassiane. As causas da morte ainda não foram reveladas pela família. Saiba mais!

Juliano Son e seu “Voaremos”

Em parceria com Júlia Vitória, o artista inicia 2021 desejando novos vôos ao vento do Espírito Santo. Saiba mais!