“Orem pelas autoridades do Brasil”, clama Bolsonaro

Foto: Alan-Santos-PR

Presidente cumprimentou a igreja durante o congresso Gideões com “a paz do Senhor” e reforçou que seu lema é a verdade

O presidente Jair Bolsonaro marcou presença no Congresso do Gideões Missionários da Última Hora (GMHU), em Camboriú (SC), na noite desta quinta-feira (02). Bolsonaro teve oportunidade para falar ao público e foi ovacionado pelas milhares de pessoas que acompanhavam o culto no ginásio de esportes Irineu Bornhausen.

Os pastores Zilmar Miguel, presidente do GMHU, e Hueslen Santos, vice-presidente, entregaram uma placa de homenagem a Jair Bolsonaro com a inscrição: “Quando o justo governa, o povo se alegra” (Provérbios 29:2).

“Fui salvo por um milagre, agradeço a Deus por ter salvo a minha vida. Agradeço a vocês pelas orações. Atingimos um objetivo e este objetivo, eu entendo como uma missão de Deus. E ao lado de vocês, pessoas de bem, tementes a Deus, nós cumpriremos essa missão”, declarou.

“Vocês sabem que Ele não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos”, completou.

Bolsonaro pediu aos presentes que mantenham a esperança e que voltem a ter orgulho de serem brasileiros. Por fim, antes de entoar o hino nacional, o presidente se despediu com gratidão. “Meus irmãos, o meu muito obrigado pela oportunidade. Não há prazer maior que estar entre pessoas de bem e que têm fé. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, finalizou.


leia mais

Bolsonaro e a cúpula da Igreja Evangélica
37º Congresso Gideões Internacionais