25.7 C
Vitória

Irã: 12 cristãos são presos por fazer reuniões secretas

Leia também

Gilmar Mendes: ‘Se tivesse havido maior coordenação, teríamos muito menos mortes’

Ele lembrou ainda o impacto da realidade sanitária e da desigualdade social do País no agravamento da crise

Força-tarefa da Postalis e PF miram lavagem e fazem busca no RJ atrás de R$ 45 milhões

Ao todo os agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro

Para delegado, abordagem de PMs a cliente negro foi ‘inadequada e truculenta’

Segundo a administração do shopping, ambos trabalhavam para uma "empresa de consultoria de segurança", que foi afastada

Os oficiais tinham uma lista com alguns nomes e foram até outro local em busca de Bíblias e literatura cristã

Agentes da Guarda Revolucionária do Irã prenderam ao menos 12 cristãos em três diferentes cidades. No dia 30 de junho em Teerã, os guardas de segurança invadiram a casa de um cristão convertido, onde tinham se reunido 30 outros seguidores de Jesus.

Há suspeitas de que as autoridades receberam a denúncia de um informante que se infiltrou entre os cristãos e identificou os participantes da reunião.

No início, a ação foi gravada pelos agentes, mas após desligarem as câmeras, passaram a ser abusivos com os cristãos Joseph Shahbazian, Reza, Salar, Sonya e as irmãs Mina e Maryam, que foram detidos na ocasião.

As autoridades conduziram todos ao estacionamento e depois algemaram, vendaram e os levaram para um local desconhecido. Os celulares dos presos e de outros presentes foram confiscados e eles precisaram fornecer detalhes dos contatos telefônicos.

Lista de nomes

Os oficiais tinham uma lista com alguns nomes e foram até outro local em busca de Bíblias e literatura cristã. Então, mais três cristãos foram presos.

Na cidade de Malayer, agentes ligaram para três seguidores de Jesus e os convocaram a comparecer no escritório da Guarda Revolucionária para um interrogatório. Porém, eles foram presos antes de se apresentarem, mas pagaram uma fiança equivalente a 1.500 dólares, cada um, e ganharam a liberdade.

Prisão, algo comum

A prisão de cristãos no Irã é algo comum e rende longas penas, como no caso do pastor Victor Bet-Tamraz. Ele deve cumprir 10 anos de prisão por ameaçar a segurança nacional, ao liderar uma igreja doméstica.

O país ocupa a 9ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2020 e tem a paranoia ditatorial e a opressão islâmica como grandes responsáveis pela hostilidade contra os seguidores de Jesus.

*Com informações de Portas Abertas

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Plugue-se

Baltazar, o atacante brasileiro “artilheiro de Deus”

Conhecido como Baltazar, o "artilheiro de Deus", foi destaque na década de 80, atuando pelo Grêmio de Porto Alegre e hoje, aos 61 anos é pastor e empresário. Conheça essa história!

“Entre a vingança e o perdão”: superando as dificuldades

Deus e perdoa, e você? Embarque nessa viagem sobre superação e perdão com “Entre a vingança e o perdão” 

‘Fala, Pai’: podcast especial para homens

O "Fala, pai" apresenta  31 reflexões, com cerca de três minutos voltadas para os homens. Saiba mais!

Dia dos Pais: aqueça os corações com um bom filme

O Dia dos Pais é celebrado neste domingo, 9, mas que tal aproveitar o fim de semana para aquecer o coração com um filme especial?