26.2 C
Vitória
sábado, 10 abril 2021

Cristãos indígenas são expulsos de seu povo no México

Ocupando a 41ª posição na Lista Mundial de Perseguição, o México tem indígenas perseguidos por causa da sua fé em Cristo.

Em Tuxpan de Bolaños, uma comunidade indígena que se encontra no município de Bolaños, no Estado de Jalisco, cerca de 30 cristãos foram forçadamente retirados de sua comunidade.

Esses indígenas da etnia Wixárika foram literalmente despejados na beira da estrada a uma temperatura abaixo de zero, de onde só saíram quando a polícia veio resgatá-los e levá-los para a principal cidade de Bolaños. Eles foram deslocados, separados de suas famílias e forçados a começar do zero num lugar totalmente novo. A atual casa deles é um galpão.

Um lugar que servia para armazenar garrafas de vinho e hoje é compartilhado pelos 30 cristãos. Eles dormem em beliches encostadas umas às outras, num calor insuportável, sem nenhum direito à privacidade.

Tudo isso porque um dia ousaram viver de forma diferente dos costumes e tradições de seu povo quando entregaram a vida a Jesus. Nas palavras do pastor, que também foi expulso junto com esse grupo.

“Nosso Senhor Jesus Cristo nos transforma e limpa completamente, tirando toda sujeira, ganância, ódio; e ainda nos dá seu Espírito. Portanto, somos diferentes, não pensamos mais nos rituais e festas do nosso povo”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se