22.9 C
Vitória
terça-feira, 22 setembro 2020

Cristãos ex-muçulmanos enfrentam perseguição da família na Nigéria

Leia também

‘Mistura de ceticismo com desconhecimento’ afeta soluções ambientais, diz Barroso

Ministro chegou a indicar que, em razão da semelhança dos assuntos, as ações poderão até ser levadas a julgamento juntas

Aras se diz contra pedido da prefeitura do RJ para volta às aulas na rede privada

De acordo com o procurador-geral, o deferimento dos pedidos de suspensão de segurança, de liminar e de tutela provisória tem caráter excepcional

Doria diz ter plano estadual alternativo à vacinação contra covid-19

O governador porém ressalvou: "tenho certeza que Ministério da Saúde não caminhará, não trilhará um caminho ideológico, partidário e eleitoral"

Na Nigéria, cristãos continuam enfrentando perseguição. As punições dos parentes podem ser espancamento e até a morte

Cristãos ex-muçulmanos costumam enfrentar mais perseguição durante o período do Ramadã, quando aqueles que professam a fé em Alá e Maomé fazem jejum desde o nascer até o pôr do sol em busca de perdão e favor divino. Na Nigéria, dois homens foram agredidos pelos próprios familiares porque revelaram a fé em Cristo.

Sarim* vive no estado de Borno, nordeste do país. Há dois anos, ele decidiu seguir a Jesus, após tentar converter o amigo John ao islã. “Durante nossas discussões, percebi que a fé cristã tinha certezas que eu não tinha. Fiquei convencido de que Jesus é Deus”, explica. Mais tarde ele foi apresentado a um pastor local; naquele mesmo dia ele orou e reconheceu Cristo como Senhor e Salvador dele.

Porém, a notícia provocou um alvoroço nos pais de Sarim. A mãe desmaiou quando soube da novidade, já o pai jogou um objeto pesado nele, mas a hostilidade ficaria pior. “Meu pai então pegou uma faca para me matar, mas eu escapei”, conta o cristão. Ele fugiu e precisou ficar escondido, pois foi jurado de morte por um grupo de jovens da comunidade onde morava. O cristão de 28 anos teve que interromper a faculdade de engenharia elétrica, mas confia que Deus tem um propósito especial para a vida dele.

Sem olhar para trás

David* é um cristão ex-muçulmano como Sarim. Ele vive no estado de Jigawa entre os fulani, povo de maioria muçulmana. O processo de conversão dele durou dois anos, quando finalmente reconheceu Jesus como filho de Deus e salvador. A família descobriu, o prendeu e passou a interrogá-lo. Mas nada foi suficiente para fazer o rapaz de 20 anos voltar à antiga fé.

A insistência do jovem fulani irritou os familiares e por isso ele foi espancado de maneira que tivesse muitos machucados. Só conseguiu sair de casa duas semanas depois do incidente. Com a ajuda de outros cristãos, mudou-se para um lugar mais seguro. “A tortura que sofri ajudou a confirmar minha convicção de que nunca mais voltarei a ser muçulmano, porque, diferentemente do cristianismo, o islã não tem amor genuíno”, conclui.

O Ramadã é um período complicado para os cristãos ex-muçulmanos, a solidão deles fica mais nítida e os ataques vêm da própria família. A Portas Abertas trabalha para capacitar igrejas locais a alcançarem os muçulmanos com as verdades de Cristo. Os novos seguidores de Jesus têm discipulado adequado, apoio emocional e prático para que eles encontrem a verdadeira identidade em Jesus.

Um mês de oração no Ramadã

Neste Ramadã, ore por Sarim, David e tantos outros cristãos ex-muçulmanos que enfrentam a opressão do meio islâmico em que vivem, para que sejam fortalecidos e sustentados pelo Senhor.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Brasil: Governo pede suspensão da exibição do filme “Cuties”

"Cuties" (Lindinha), produção francesa da Netflix, é acusada de sexualizar crianças. Saiba mais!

Live Elementos Essenciais do Discipulado hoje

Como os Estudos da Bíblia de Discipulado podem ser usados em microgrupos de discipulado entre pessoas recentes na fé. Saiba mais!

Angola: Justiça manda fechar templos da Igreja Universal

Prédios da Igreja Universal em Angola, localizados em pelo menos quatro regiões foram interditados por autoridades policiais neste domingo.

Após seis dias internado, André Mendonça deixa hospital

De acordo com o Ministério da Justiça, ele seguirá trabalhando de casa nas próximas três semanas. Saiba mais!

“Maior tesouro”, com Anderson Freire e Jozyanne

Música é uma composição de Josyanne e Anderson Freire. "Maior tesouro" está disponível em todas plataformas digitais. Ouça a canção!

Vídeos sobre a Bíblia alcançam 1 milhão de pessoas no Tik Tok

Produzidos por Jey Reis, 17 anos, os vídeos diários, que são publicados no Tik Tok, falam sobre Jesus. Saiba mais! !

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!

Encontro nacional Renas: “Ser criança em tempos de incerteza”

É a 13ª edição do Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas). Evento, que acontece em outubro, será online. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Vídeos sobre a Bíblia alcançam 1 milhão de pessoas no Tik Tok

Produzidos por Jey Reis, 17 anos, os vídeos diários, que são publicados no Tik Tok, falam sobre Jesus. Saiba mais! !

“Inesquecível”: a história da professora que morreu para salvar crianças

Filme vai contar a história da professora Heley de Abreu, que deu avida para proteger crianças de um incêndio, em Janaúba (MG). Saiba maiws!

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...

Ajude um cego a ler a Bíblia e ter a vida transformada

A iniciativa quer distribuir a Bíblia para cegos em todo o Brasil e promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Saiba mais!