21.9 C
Vitória
domingo, 24 outubro 2021

Cristãos comparecem ao MP em apoio ao pastor Jorge Linhares

Evangélicos, de diferentes denominações, foram ao local para protestar contra a investigação da justiça

Por Patricia Scott 

O pastor Jorge Linhares foi intimado a comparecer, nesta segunda-feira (2), às 15h, ao Ministério Público de Minas Gerais, na condição de investigado, após ter respostado um vídeo contra a ideologia de gênero. No entanto, no horário marcado, cristãos, de diferentes denominações, foram ao local para protestar contra a investigação da justiça, além de prestar apoio ao líder da Igreja Batista Getsêmani.

Os apoiadores de Jorge Linhares levaram bandeiras do Brasil e faixas contra a ideologia de gênero. Palavras de ordem foram entoadas pelos manifestantes, como, por exemplo, “Deus nunca erra”.

Nas redes sociais, na semana passada, o pastor Jorge Linhares postou um vídeo em que enfatizou: “Aí está, o Ministério Público do estado de Minas Gerais, mandando para mim a intimação para eu estar lá no dia 02 de agosto de 2021, às 15h00, na condição de investigado por ter declarado claramente que, não somente eu, mas o Colégio Batista Getsêmani, a igreja, todos nós, a Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus declara que homem é homem, mulher é mulher, menino é menino, menina é menina”.

As declarações receberam apoio da Frente Parlamentar Evangélica (FPE), no Congresso Nacional. A instituição emitiu nota, ressaltando a liberdade de expressão e a liberdade religiosa.

“Infelizmente, no Brasil, o que se vem observando nos últimos anos é uma verdadeira perseguição aos valores e crenças, em especial ao segmento protestante. […] A Constituição brasileira estabelece a liberdade de expressão, de ideias e de valores a todos os grupos. Não podemos aceitar uma criminalização por parte daqueles que não sabem conviver com quem defende os valores cristãos, da família e da tradição”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se