29.7 C
Vitória
quarta-feira, 28 outubro 2020

Crise de ganância, Crise de fé

Leia também

Confiança da indústria sobe a 111,2 pontos em outubro, revela FGV

O nível de estoques subiu de 108,1 pontos para 114,2, e o indicador de demanda cresceu de 106,2 para 110,3 pontos

Processo contra Flordelis é admitido e segue para Conselho de Ética

Deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumiu o compromisso de colocar em votação na próxima semana a retomada, de forma remota

Emprego na construção volta a crescer, revela CNI

No mês passado, o nível da atividade da construção apresentou alta pelo segundo mês consecutivo, alcançando 51,2 pontos

A crise do mundo atualmente não é econômica. É uma crise de ganância. Investidores começaram a ganhar dinheiro, e mesmo sabendo que os lucros eram artificiais não quiseram perder a sua parte real e continuaram a ganhar. Criaram a possibilidade do cidadão comum nos EUA também ganhar através da artificialidade. Com isto todos alimentaram sua ganância. A ganância de alguns que ganharam será paga agora por todos ao redor do mundo.
A crise de ganância é como uma infecção e a crise econômica é a febre. Não adianta dar remédio para a febre sem atacar a infecção. A crise de ganância foi gerada pela crise de fé. É possível ter fé numa porção de coisas, mas na verdade a fé verdadeira é depositada em Deus. A falta de fé em Deus faz com que as pessoas procurem alternativas para sua insegurança ou para sua ganância.

A crise econômica gera uma reação imediata: desespero, insegurança e ansiedade pelo futuro. Em lugar de depositar a fé em Deus e depender dele para atravessar a crise, as pessoas procuram soluções que podem ser geradas pela sua própria capacidade.

Loren Cunningham e Janice Rogers no livro Fé e Finanças no Reino de Deus, mostram que existem alguns princípios sobre a fé que precisam ser relembrados.

Quando vivemos pela fé, sempre confiando em Deus, sem saber como iremos receber dinheiro, a vida é sempre cheia de surpresas. Quem ainda não vive pela fé, ao olhar para este tipo de coisa acha tudo muito estranho e até loucura.

Pássaros não vivem ansiosos, com a testa franzida de preocupação. A Bíblia diz: “Vejam os passarinhos que voam pelo céu: eles não semeiam, não colhem, nem guardam comida em depósitos. No entanto, o Pai de vocês, que está no céu, dá de comer a eles. Será que vocês não valem muito mais do que os passarinhos?” Essa é uma forma de provar para nós e para o mundo que Deus é real.

Muitos cristãos não conhecem por experiência a fidelidade de Deus com relação ao seu sustento. Parece que estão sempre perguntando à conta bancária: “Ó minha conta, você me permite dar essa oferta para Deus?” A fé em Deus é uma coisa líquida e certa.

Quando confiamos em Deus, a quantia não faz diferença. Se precisamos de dez reais e não os temos, parece que necessitamos de um milhão.

Não podemos confiar nos sistemas humanos. Precisamos sempre lembrar que dinheiro é só um papel impresso, e que todos os nossos recursos vêm de Deus.

A vida de fé se assenta totalmente no conhecimento que se tem de Deus.

Vale a pena viver pela fé? Tanto vale que quem o experimenta não acha mais graça numa vida comum. Viver pela fé é como caminhar numa corda bamba, mas seguro por Deus, uma emoção incrível.

Josué Campanhã
Pastor, escritor e diretor da Sepal Brasil

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Confiança da indústria sobe a 111,2 pontos em outubro, revela FGV

O nível de estoques subiu de 108,1 pontos para 114,2, e o indicador de demanda cresceu de 106,2 para 110,3 pontos

Processo contra Flordelis é admitido e segue para Conselho de Ética

Deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumiu o compromisso de colocar em votação na próxima semana a retomada, de forma remota

Igreja evangélica interditada em Macaé (RJ): Veja vídeo!

Após descumprir o veto à aglomeração e promover culto, uma igreja evangélica de Macaé (RJ) foi interditada por agentes da Guarda Municipal. Saiba mais!

Emprego na construção volta a crescer, revela CNI

No mês passado, o nível da atividade da construção apresentou alta pelo segundo mês consecutivo, alcançando 51,2 pontos

Carta viva, sermão morto

Meu pai dizia que um dos sinais da maturidade era o equilíbrio, a ponderação, a compostura...

Não confunda pressa com velocidade

Expectativa de sucesso rápido atrai escolhas erradas. Portanto, não confunda pressa com velocidade

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Clovis Pinho, o que vem por aí?

Novo single de Clovis Pinho deve chegar ao mercado em novembro. Saiba mais!

“Sentido” é o novo álbum musical de Leonardo Gonçalves

Gravado em Praga, na República Tcheca, álbum conta as canções que marcaram os mais de 20 anos de carreira de Leonardo Gonçalves

Respostas simples para questões complexas sobre a fé cristã

"Cristianismo bem explicado" é o quarto livro da série da Mundo Cristão, dedicada a esclarecer pontos difíceis sobre convívio social, Bíblia e teologia.

Kemuel fará reality; Novidade será anunciada em live

Isadora Pompeo, Rebeca Carvalho, Sarah Beatriz, Neil Barreto, Felipe Vilela e Pyero Tavolazzi são alguns dos convidados da live com Kemuell neste domingo, 25