19.9 C
Vitória
segunda-feira, 22 abril 2024

Crise de ansiedade aumenta entre os empresários

ansiedade
Foto: Freepik

A ansiedade é apontada como o fator que mais impacta a força de trabalho, seguida pelo estresse, depressão ou síndrome do pânico e burnout

Insônia, coração disparado, pensamento acelerado, nervosismo em uma reunião importante ou mãos suando são sintomas rotineiros de muitos empresários brasileiros.

Um estudo da aceleradora de inovação corporativa Troposlab em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que mostra que 30% dos pequenos empresários brasileiros buscaram apoio psicológico pela primeira vez.

A pesquisa indica que houve uma piora no estado de saúde mental dos empresários brasileiros. Segundo o estudo, houve um aumento de 10% no número de pessoas que passaram a usar remédios psiquiátricos, em uma parcela de 26% dos entrevistados.

O hipnoterapeuta Alexandre Campos relata centenas de casos de pessoas que em apenas algumas sessões já obtiveram uma melhora significativa nos quadros de depressão, ansiedade e ideação suicida.

- Continua após a publicidade -

A busca por antidepressivos e estabilizadores de humor no Brasil chega a 58%. Ainda segundo a pesquisa, mais da metade dos brasileiros apontam que sua saúde emocional piorou com a pandemia: 53% relataram sentir ansiedade, 42% alteração de humor, e 41% insônia.

A ansiedade é apontada como o fator que mais impacta a força de trabalho (41%), seguida pelo estresse (31,9%), depressão ou síndrome do pânico (26,7%) e burnout (9,2%).

O hipnoterapeuta Alexandre Campos alerta que quando não tratada corretamente, a ansiedade pode virar uma adversidade e desencadear outros transtornos mentais, como a depressão, crise de pânico, irritabilidade, insônia e ideação suicida.

Alexandre Campos explica que o transtorno de ansiedade generalizada tem como principal característica a preocupação excessiva e generalizada sem motivos óbvios em situações do dia a dia. Ou seja, o paciente fica sempre antecipando que algo de ruim vai acontecer, permanecendo em um estado de constante preocupação.

A hipnoterapia é um dos tratamentos indicados para o combate à ansiedade. A hipnose é um estado alterado de consciência que possibilita o acesso ao subconsciente, onde se encontram emoções, sentimentos, hábitos e memórias de longo prazo que não podemos controlar no nível consciente.

Atualmente a hipnoterapia é reconhecida pelo conselho Federal de Psicologia, Conselho Federal de Odontologia, Conselho Federal de Medicina e Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Além disso, também é aceita como uma prática integrativa no SUS.

“A prática da auto-hipnose, atividade física, atividades de lazer e alimentação saudável são hábitos indispensáveis para uma boa saúde mental”, recomenda o hipnoterapeuta.

O especialista revela que um empresário que sofre com a ansiedade e preocupação excessiva constantemente pode paralisar diante de uma tomada de decisão ou agir impulsionado pela pressão e o medo, o que pode causar prejuízos e colocar seu negócio em risco. “’O equilíbrio emocional do empresário faz a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma empresa”, finaliza.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -