back to top
23.9 C
Vitória
sábado, 22 junho 2024

Pastor cita prós e contras de crentes visitarem outras denominações

Visitar outra igreja pode ser saudável, além de fazer novas amizades. Mas é preciso cuidar para não se perder o compromisso com a sua igreja local. Foto: Freepik

Intercâmbio pode ser enriquecedor, desde que não fira doutrina nem prejudique comunhão do fiel com a igreja em que congrega 

Por Cristiano Stefenoni

Durante muito tempo, criou-se a ideia de que não era saudável para a vida do crente visitar outras denominações religiosas. As redes sociais, entretanto, abriram as portas para novas possibilidades, com transmissões de cultos, eventos gospel e estudos bíblicos, entre outras atividades, promovendo uma aproximação maior das pessoas com diferentes igrejas. Muitos fiéis, entretanto, têm receio de visitar outras denominações e ficam em  dúvida sobre até que ponto esse intercâmbio é aceitável e benéfico.  

Para o pastor Amauri Oliveira, presidente da Igreja Presbiteriana da Penha (IPP), em São Paulo, é saudável visitar outras igrejas, desde que isso não prejudique a comunhão do crente na denominação a que ele pertence.

“Visite, conheça, entenda como as outras igrejas funcionam. Isso é enriquecedor. O que não pode acontecer é fazê-lo de forma a prejudicar a comunhão regular e o desenvolvimento ministerial na sua igreja. É preciso, antes de tudo, haver esse compromisso e essa estabilidade da frequência”, orienta Oliveira.

- Continua após a publicidade -

Segundo o pastor, visitas a outras denominações devem ser evitadas se elas pregarem diferente das doutrinas bíblicas. “Se for uma denominação herética, com problemas estruturais e morais, ir lá significa referendar e apoiar isso. Outra questão a ser considerada é o impacto dessa visita na relação com a sua própria igreja, que deve ser sempre priorizada”, diz.

Quem muito sai pouco cresce

Por outro lado, o pastor Amauri alerta para o comportamento daquelas pessoas que vivem indo de uma igreja para outra, sem um lugar certo para congregar, sempre em busca de algo que nunca encontram.

“Aquele que não para em igreja nenhuma, em lugar nenhum, tem dificuldade por vários fatores: ele pode ter dificuldade de se submeter à liderança, por isso não consegue ficar ali; pode ser alguém que se coloca acima da crítica, então, todo lugar tem um defeito, menos ele, porque se acha muito acima da média”, cita.

E se o crente precisar, por exemplo, visitar uma Igreja Católica para ir a um casamento ou a uma celebração de formatura?

“O cristão evangélico é livre para ir até mesmo a uma Igreja Católica, por exemplo, em um casamento, uma formatura. É um compromisso que ele tem com a família dele, ou seja, vai por questões protocolares, para honrar um familiar, desde que não seja para comungar com o que é pregado lá”, explica Amauri Oliveira.

Prioridade deve ser igreja local

O pastor enfatiza que o membro deve fazer o máximo para frequentar a igreja a que pertence exatamente para ajudar no crescimento da comunidade e de si mesmo. “A igreja local é um ponto de crescimento, uma referência espiritual para ele. É como um casamento. Posso visitar a casa dos meus amigos, mas devo cumprir minhas obrigações com a minha esposa”, exemplifica.

No caso dos músicos, cantores e pregadores que são convidados para participarem em programações em outras igrejas, o pastor diz que esses convites precisam ser alinhados com a liderança local e deve-se ter cuidado para não usar os dons para validar ideologias que vão contra a sua fé.

“A ida a outra igreja para uma apresentação deve ter o conhecimento da liderança local. Sim, eu posso ir lá contribuir com a minha habilidade musical ou de oratória para ajudar aquele grupo a se desenvolver. O cuidado é para não referendar coisas que vão contra a minha estrutura denominacional e para não prejudicar o desenvolvimento na minha igreja por estar muito ausente dela, ajudando outras denominações”, finaliza.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -