25.7 C
Vitória

Coronavírus deixa 73 países em risco de escassez de remédios para HIV

Leia também

Missão brasileira embarca com 6 toneladas de material a Beirute

O presidente Jair Bolsonaro acompanhou hoje (12), na Base Aérea de São Paulo, em Guarulhos (SP), a partida da comitiva brasileira em missão especial a Beirute, no Líbano.

Gilmar Mendes: ‘Se tivesse havido maior coordenação, teríamos muito menos mortes’

Ele lembrou ainda o impacto da realidade sanitária e da desigualdade social do País no agravamento da crise

Força-tarefa da Postalis e PF miram lavagem e fazem busca no RJ atrás de R$ 45 milhões

Ao todo os agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro

A incapacidade dos fornecedores de entregarem os antirretrovirais dentro do prazo e a paralisação dos serviços de transportes terrestre e aéreo estão entre as causas da escassez de remédios

Por Redação O Estado de S. Paulo (AE)

Setenta e três países alertaram que estão em risco de ficar sem medicamentos antirretrovirais (ARV) em razão da pandemia de covid-19, de acordo com pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS) realizada antes da conferência bianual da Sociedade Internacional de Aids.

Vinte e quatro países relataram que estão com baixo estoque de ARVs ou sofrem com interrupções no fornecimento desses medicamentos que salvam vidas.

A pesquisa se deu após uma previsão, em maio, de que uma interrupção de seis meses no acesso a esses medicamentos poderia levar ao dobro nas mortes por Aids na África Subsaariana – apenas em 2020.

Em 2019, aproximadamente 8,3 milhões de pessoas foram beneficiadas pelos antirretrovirais nos 24 países que estão enfrentando a escassez no fornecimento.

O número representa cerca de um terço de todas as pessoas no mundo que estão em tratamento contra o HIV. Apesar de não haver cura, os antirretrovirais podem controlar o vírus.

A incapacidade dos fornecedores de entregarem os antirretrovirais dentro do prazo e a paralisação dos serviços de transportes terrestre e aéreo estão entre as causas das interrupções citadas na pesquisa. O acesso limitado aos serviços de saúde em decorrência da pandemia também é um fator preponderante.

“As descobertas dessa pesquisa são muito preocupantes. Países e seus parceiros precisam fazer tudo que puderem para garantir, a quem precisa, o acesso ao tratamento contra o HIV. Não podemos permitir que a pandemia de covid-19 desfaça todas as conquistas na resposta global a essa doença”, alertou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Procurada pela reportagem, a OMS ainda não divulgou a lista dos países que relataram risco de escassez dos medicamentos contra HIV.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Plugue-se

Baltazar, o atacante brasileiro “artilheiro de Deus”

Conhecido como Baltazar, o "artilheiro de Deus", foi destaque na década de 80, atuando pelo Grêmio de Porto Alegre e hoje, aos 61 anos é pastor e empresário. Conheça essa história!

“Entre a vingança e o perdão”: superando as dificuldades

Deus e perdoa, e você? Embarque nessa viagem sobre superação e perdão com “Entre a vingança e o perdão” 

‘Fala, Pai’: podcast especial para homens

O "Fala, pai" apresenta  31 reflexões, com cerca de três minutos voltadas para os homens. Saiba mais!

Dia dos Pais: aqueça os corações com um bom filme

O Dia dos Pais é celebrado neste domingo, 9, mas que tal aproveitar o fim de semana para aquecer o coração com um filme especial?