back to top
20.9 C
Vitória
domingo, 23 junho 2024

Corinthians faz jogo vacilante, mas bate América-RN

Corinthians faz jogo vacilante, mas bate América-RN - Foto: Dvulgação Twitter@Corinthians - Rodrigo Coca
Corinthians faz jogo vacilante, mas bate América-RN - Foto: Dvulgação Twitter@Corinthians - Rodrigo Coca

Com a vitória por 2 a 1, o alvinegro se garante nas oitavas de final da Copa do Brasil

O Corinthians fez uma partida vacilante contra o América-RN nesta quarta-feira, pela rodada de volta da terceira fase da Copa do Brasil, mas saiu da Neo Química Arena com uma vitória por 2 a 1 para avançar às oitavas de final, com gols de Yuri Alberto e Cacá. O resultado foi o mesmo da partida de ida, em Natal.

Depois de dar trabalho para o time alvinegro na Arena das Dunas, o América adotou uma postura bem mais cautelosa em Itaquera. Pouco se arriscou e deixou a bola nos pés dos corintianos, que não sabiam muito bem o que fazer com ela. A área americana foi invadida em diversas ocasiões, porém o desfecho das investidas eram sempre os piores possíveis, em razão das decisões ruins tomadas pelos jogadores. Falhas de Bidon e Yuri Alberto perto do gol comprometeram boas oportunidades.

O lado esquerdo era o mais explorado pelo Corinthians, na esperança de que o talento de Wesley gerasse lances ofensivos mais interessante. Na maioria das vezes, entretanto, o garoto de 19 anos não se saiu bem, perdendo muitas bolas, mas a culpa não era só dele, até porque faltava a aproximação dos companheiros para ajudá-lo a quebrar a linha de marcação americana.

Um passe de Wesley interceptado pela defesa potiguar foi a origem do lance que possibilitou a abertura do placar ao time da casa. Apesar da interceptação, o América errou na saída e deu a bola, dentro da área, para Bidon servir Yuri Alberto, que bateu de primeira com a perna esquerda e marcou, aos 41. Em boa fase, o atacante corintiano mostrou estar mais confiante, não só pelo gol, mas em lances como a ajeitada de peito que deu para Fagner chutar em cima do goleiro Renan Bragança.

- Continua após a publicidade -

Após um primeiro tempo em que Carlos Miguel mal trabalhou, o América deu outro tom à etapa final, pois alcançou o empate ainda aos seis minutos, com um golaço de Wenderson, autor de uma bomba da entrada da área que foi parar no canto esquerdo da rede protegida pelo goleiro de 2,04 metros de altura. O Corinthians acelerou o jogo logo na retomada após o gol sofrido e teve minutos de domínio no qual desperdiçou boas chances, caso de um chute cruzado de Romero defendido por Bragança.

Mais perto da metade do segundo tempo, António Oliveira apostou na entrada de Igor Coronado, que substituiu Bidon e passou a formar uma dupla de meias com Rodrigo Garro, alternativa pouco explorada pelo treinador nas partidas anteriores. Quando Garro entrou, foi a campo acompanhado de Gustavo Mosquito, substituto de Romero. Coronado trouxe mais qualidade no passe, mas o segundo gol corintiano saiu no bate e rebate após escanteio, com a bola sobrando para Cacá marcar. Pouco antes, Carlos Miguel chegou a fazer uma defesa decisiva, após finalização de Souza, para evitar a virada potiguar. (Agência Estado).

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -