back to top
24.4 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Corinthians enfrenta obstáculos ao buscar novo técnico

Corinthians esbarra no regulamento do Paulistão e impasse com Mano dificulta busca por técnico - Foto: Reprodução Twitter @Corinthians - Rodrigo Coca
Corinthians esbarra no regulamento do Paulistão e impasse com Mano dificulta busca por técnico - Foto: Reprodução Twitter @Corinthians - Rodrigo Coca

Horas após o a demissão de Mano Menezes, o nome de Márcio Zanardi, técnico do São Bernardo, foi especulado para a vaga

Após demitir Mano Menezes na segunda-feira, o Corinthians se mobiliza na busca por um novo treinador. O time do Parque São Jorge já definiu os favoritos ao cargo, mas tanto o regulamento do Campeonato Paulista quanto o impasse pela multa rescisória de Mano são complicadores para a diretoria acertar a chegada de um novo comandante.

Horas após o Corinthians anunciar a demissão de Mano Menezes, o nome de Márcio Zanardi, técnico do São Bernardo, foi especulado para a vaga. O treinador do time do ABC é próximo de Augusto Melo, presidente do clube. Eles trabalharam juntos nas categorias de base da equipe alvinegra. Ambos foram demitidos em 2016, na gestão do presidente Roberto de Andrade.

Zanardi, de 45 anos, comanda o São Bernardo desde 2021 e seu trabalho foi destaque no Paulistão de 2023, assim como o do jovem Thiago Carpini, que foi vice com o Água Santa no ano passado, e agora treina o São Paulo. Mesmo com o desejo de Augusto Melo em contratar o velho conhecido, a diretoria corintiana esbarrou no regulamento do Paulistão, que proíbe um clube contratar um treinador que já comandou outra equipe na mesma edição do Estadual.

Além do veto citado acima, a Federação Paulista de Futebol (FPF) determina que para um clube inscrever um novo treinador no Paulistão, este deverá “comprovar a quitação ou formalização do acordo de rescisão trabalhista do profissional dispensado”. O problema é que o Corinthians diverge de Mano Menezes quanto ao valor da multa rescisória. O contrato com a equipe alvinegra, firmado ainda na gestão de Duílio Monteiro Alves, ia até o fim de 2025. Os representantes de Mano entendem que ele deve receber a quantia integral referente aos salários até o fim do vínculo, somando aproximadamente R$ 20 milhões.

- Continua após a publicidade -

A diretoria tenta diminuir a pedida, uma vez que a antiga gestão citava que o valor da multa com o treinador para 2024 levava em consideração os vencimentos até o fim deste ano.

Antes do início do Paulistão, Zanardi chegou a ser consultado pelo Corinthians para ser auxiliar fixo da comissão técnica, mas as conversas não avançaram. Para trabalhar como “braço direito” de Mano, o clube contratou Thiago Kosloski, que foi efetivado como treinador do Coritiba no ano passado. Apesar de um início animador, a equipe não conseguiu mudar o panorama na competição e acabou sendo rebaixada para a segunda divisão.

Kosloski deverá ser o comandante do Corinthians no clássico com o Santos nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. Depois de vencer o Guarani na estreia, o time do Parque São Jorge acumula quatro derrotas consecutivas, com apenas três pontos em cinco rodadas, e é o último em sua chave. A equipe é vice-lanterna na classificação geral e abre a zona de rebaixamento do Estadual. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -