Após pregação, mais de 200 presos se convertem

Uma cerimônia de batismo também foi realizada, além de um concerto de música cristã com a presença de centenas de presos

Mais de 200 detentos decidiram entregar suas vidas a Cristo em um evento realizado na prisão de Chimbas, na província de San Juan, Argentina.

Na ocasião, mais de mil presos ouviram a Palavra de Deus e cantaram louvores. O culto especial contou com a participação de vários cristãos voluntários de diferentes igrejas.
O ministério que atua em prisões nesta parte do país é liderado pelo pastor Vera Yoni, composto de crentes membros de denominações diferentes. Juntos, eles levam alento e esperança aos prisioneiros que estão cumprindo penas por vários crimes.

Uma cerimônia de batismo também foi realizada, além de um concerto de música cristã com a presença de centenas de presos que entoaram as canções. O ministério visita a prisão três vezes por semana. Eles têm a permissão das autoridades para entrar em todas as alas.

Mudança de vida

Todos os prisioneiros tiveram a oportunidade de ouvir a mensagem de esperança e por meio disso, a chance de mudar o curso de suas vidas. Na mensagem, o pastor Yoni, destacou a importância de deixar o pecado de lado e aceitar a Deus com todo o seu coração para que Ele possa libertá-los.

A pregação causou grande aceitação dos presentes durante a chamada para o arrependimento, que resultou em mais de 200 detentos se rendendo a Jesus. Os responsáveis por este trabalho na prisão agradecem a Deus pela oportunidade de compartilhar a mensagem do Evangelho para os que estão encarcerados.

Ao todo, cerca de 500 prisioneiros já entregaram suas vidas a Cristo durante o trabalho realizado nas prisões da região. “Agradecemos a Deus por esta oportunidade de compartilhar o Evangelho”, disse o pastor Yoni.