22.9 C
Vitória
domingo, 22 maio 2022

Contarato aciona PF ao ser atacado e ter filho exposto

O senador Fabiano Contarato vai se desfiliar da Rede e migrar para o PT. Foto: Waldemir Barreto

O senador Fabiano Contarato sofreu ataques nas redes sociais quando estava com o filho em uma praia de Vila Velha

O senador capixaba Fabiano Contarato acionou a Polícia Federal após ser atacado nas redes sociais e ter seu filho exposto quando estava em uma praia de Vila Velha.

De acordo com o parlamentar, ele estava em uma praia com o filho de sete ano e após chegar em casa recebeu um print de uma postagem feita nas redes sociais.

Na postagem, que exibia a criança de 7 anos, Contarato foi chamava de “lixo”, “traidor”, “infeliz”, “sem vergonha” e “senador de merda”.

“Nada foi tão doloroso, porém, quanto ver seu ultraje gratuito contra o Gabriel, uma criança inocente de sete anos, que teve sua imagem exposta nas redes e foi menosprezado apenas por ser meu filho e, sobretudo, por ser fruto de uma adoção”, disse.

Contarato procurou a PF para registrar a ocorrência, já que pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em seu art. 18, diz ser “dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.

“Não tolerarei qualquer ato de agressão aos meus filhos e à minha família. Não me intimidarão com esses ataques desprezíveis”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se