18.8 C
Vitória
sábado, 20 agosto 2022

“Altar é na intimidade”, diz Chris Durán, que é contra show gospel

Foto: Captura de tela YouTube

O cantor testemunhou o seu encontro com Jesus durante entrevista ao “Positivamente”, apresentado por Karina Bacchi

Por Patricia Scott 

O cantor gospel Chris Durán participou do “Positivamente”, comandado pela à podcaster e atriz Karina Bacchi. Ele revelou ser contrário a shows gospel. Segundo ele, a ideia de entretenimento feito a partir de uma suposta adoração não faz sentido porque transforma o culto a Deus em algo sem a presença do Espírito Santo.

Durante a conversa, o cantor contou alguns detalhes da conversão ao Evangelho. “Nada se compara ao banquete que o Senhor tem preparado para aqueles que desejam se assentar com Ele. Esse banquete me foi apresentado um dia”, frisou.

Chris relatou também sobre o grave acidente de trânsito que sofreu, no Chile, após um show. Apesar do impacto frontal com outro veículo, o cantoe não teve ferimentos graves. Após vivenciar essa experiência, Durán desejou participar de um culto em uma igreja próxima à sua casa, em Miami, Flórida, nos Estados Unidos.
 

Ele foi recepcionado por um dos membros da igreja ao chegar ao templo. “Quebrantei-me, chorei durante horas. Não sabia o que estava acontecendo comigo. O louvor quebranta. Hoje eu entendo”, relembrou e ressaltou: “No mundo natural não existe explicação quando o Espírito Santo nos visita”.

Depois daquele dia, o cantor disse que começou a “engolir a Bíblia”. Ele passou a se dedicar a estudar a Palavra: “Pela primeira vez, descobri a personalidade de Deus, porque até então a religião me apresentava um quadro de como Deus poderia ser. Mas conheci na Bíblia um Deus que se apresenta como Ele é”.

A sede por mais do Senhor fazia com que Chris Durán frequentasse aos cultos diariamente. “Queria descobrir mais e mais da Palavra de Deus. Foi um primeiro encontro muito bonito”, ressaltou o cantor, que nasceu na França e filho de mãe pianista. Por isso, desde cedo, ele teve contato com a música, mas quando adulto decidiu estudar Economia, na Espanha, país de origem da mãe 

Nova trajetória

Depois de entregar a vida a Cristo, Durán estava nos bastidores de um programa de TV quando sentiu um questionamento sair do coração: “O que estou fazendo aqui?”. Isto porque aquele ambiente não fazia mais sentido para o cantor. Então, ele decidiu colocar ponto final na carreira artística mesmo tendo um contrato assinado com cláusulas punitivas em caso de rompimento.

“Eu só queria estar na minha igrejinha, ouvir a Palavra de Deus”, relembrou. Ele detalhou ainda que foi ao banheiro da emissora chorar e orar, dizendo para Deus que não desejava mais aquele ambiente. “Não foi ninguém que me disse para não fazer, mas meu espírito passou a rejeitar aquelas coisas”.

Durán testemunhou que perdeu tudo para entender a dependência de Jesus. Posteriormente, Deus começou a restitui-lo. Primeiro, com uma família e, depois, nas outras áreas: “Foi necessário ter de chutar os palcos para construir um altar”. “Comecei a adorar no meu quarto, em espírito e em verdade, a partir daquele momento o Senhor me fez entender que a plateia é Ele. Por isso sou contra show gospel”, salientou.

Ele disse também que “não existe entretenimento gospel. O que é música sem o sopro do Espírito Santo? É nada. Só a arte com o sopro divino faz com que Deus diga: ‘Ali Eu tenho prazer de estar’”.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se